A bonita casa de engenho do sítio São Luís, em Pacoti - Foto: Bruno Brandão
Malas Prontas

Rota do Café Verde: um outro lado do Ceará

Pouca gente sabe, mas existe uma rota na região serrana do Ceará, no Maciço do Baturité, onde trilhas e lugares com temperaturas amenas estão inclusos

Essa dica é especial para os amantes do café. O Ceará, de olho nesse público e sabendo da intensa produção do mercado, criou a Rota do Café Verde. Em parceria com o Sebrae, são ao todo dez opções de passeios. Durante a passagem do Site Roberta Jungmann pelo Ceará, conhecemos dois desses destinos: a plantação de café do seu Uchôa, próximo ao município de Guaramiranga, e o sítio São Luís, em Pacoti, onde se encontra uma bonita e histórica casa de engenho.

Sítio Águas Finas
Para começar, a chegada no sítio Águas Finas, comandado por seu Uchôa, o visitante é recebido por um delicioso café e sucos de frutas da casa, como a jabuticaba, além de biscoitos da casa. O convite é para passear por uma trilha dentro da plantação do café, fundado em 1939. O cafezal se expande por debaixo das ingazeiras e da mata preservada, durante o passeio é comum encontrar bichos e pássaros. O visitante pode ir preparado para ouvir boas histórias do anfitrião, que reserva até surpresas, como apresentação de flautistas e boas piadas. Além disso, é possível entrar em contato direto com a natureza e o fruto do café. Seu Uchôa avisa: “Esse café só é vendido aqui, por isso quem quiser provar, tem que viajar e provar essa experiência única”, garante.

A casa funciona aos sábados, domingos e feriados. As trilhas são às 10h, 11h30, 13h30 e 15h. Mais informações: (85) 3272-0240 e pelo e-mail: [email protected]

Sítio São Luís
Quem preferir essa rota pode se preparar para encontrar com dona Cláudia, herdeira do sítio, com bolo, pão e café quentinhos, todos preparados na casa. Por lá, ela conta toda a trajetória da belíssima residência localizada no município de Pacoti, desde a sua fundação até os dias de hoje. É possível andar pela casa construída em 1858, conhecer a biblioteca com livros históricos que contam a história da região. A lojinha vende alguns itens de cozinha e comidinhas feitas por lá. O espaço já iniciou a recuperação do engenho e já tem expectativa de que a moagem comece no ano que vem. O climinha frio, o cheirinho de café no ar levam o visitante para longe.

O horário de visita é sempre aos sábados e domingos, das 10h às 17h. Mais informações: (85) 987290099 e também no instagram pelo @sitiosaoluis.

Guaramiranga
E se sobrar um tempinho vale a pena ainda conhecer Guaramiranga. Uma cidade com pouco mais de quatro mil habitantes. Localizada na região serrana do Ceará reserva um clima agradável, com pousadas, muitos restaurantes que oferecem bons vinhos e queijos. Vale a pena deixar um dia para curtir a cidade.

*O jornalista viajou a convite da Setur-CE

Siga RJ nas Redes Sociais