A Torre de Miroku vista da embarcação - Foto: Divulgação
Malas Prontas

10 razões para conhecer a maior Torre Japonesa do Brasil

A construção demorou 12 anos para ficar pronta e tem 32 metros de altura

Pensando nas férias separamos uma dica para quem quiser aproveitar uma programação diferente. Que tal visitar a maior Torre japonesa no Brasil? A chamada Torre de Miroku fica em São Paulo, a uma hora da avenida paulista,  e é uma exaltação ao belo e a paz. O passeio para a torre é uma opção incrível para recarregar as energias neste início de ano.

Sabendo de algumas curiosidades sobre a construção, a gente traz 10 razões para você não deixar de ir conhecer o a atração:

1) Para chegar lá você precisa pegar um barco, num lindo passeio de 20 minutos pela Represa Billings, numa embarcação que possui um dragão dourado na sua proa, simbolizando proteção.

Dragão dourado na proa da embarcação – Foto: Divulgação

2) Foi construída sem o uso de nenhum prego ou parafuso. A técnica de sustentação, muito utilizada no Japão, é semelhante àquela utilizada com blocos de montar.

3) Demorou 12 anos para ficar pronta e tem 32 metros de altura.

A estrutura da Torre de Miroku – Foto: Divulgação

4) Possui 5 telhados utilizando 15 mil telhas, todas esmaltadas com ouro líquido.

5) Foram usadas 400 toneladas de madeira (angelim pedra, jatobá e eucalipto) ecologicamente sustentável.

6) No interior da Torre há uma escultura 3D de 8 metros e que pesa 4 toneladas, executada durante 3 anos em blocos de madeira (embuia) e folheada a ouro 24 quilates, simbolizando Kannon, uma divindade tanto masculina quanto feminina que é reverenciada desde os mais remotos tempos, especialmente no Oriente.

O Kannon folheado a ouro 24 quilates – Foto: Divulgação

7) Cada um dos 5 telhados representa uma parte do corpo da divindade. O primeiro e menor de todos é a cabeça, o segundo o pescoço, o terceiro o peito, o quarto a barriga e o quinto as pernas, como forma de alicerce.

8) Toda a área do complexo possui 75 mil metros quadrados.

9) Existe uma capela onde está o desenho do Supremo Deus, representando o Espírito do lugar, um espaço reservado para a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que simboliza a Kannon do Ocidente, e um espaço dedicado a São João Batista que é o santo padroeiro do Japão.

10) Um jardim zen, minicachoeira, lago com carpas e diversos jardins estão espalhados com o objetivo de auxiliar a conexão com o Divino, acalmar a mente e equilibrar suas emoções.

 

SBD Jetta
RET Mobile Prefeitura Transporte

Siga RJ nas Redes Sociais