Acontece

Bolsonaro ironiza Covid-19 e fará “festinha de aniversário”

Jair Bolsonaro - Foto: Evaristo Sá/AFP
O presidente contradisse a portaria assinada por Luiz Henrique Mandetta e Sérgio Moro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a ironizar a pandemia do novo coronavírus. Em entrevista nesta terça-feira (17) à rádio Super Tupi, o Chefe do Executivo Nacional afirmou que existe “certa histeria” em relação à crise da doença. Além disso, Bolsonaro também informou que fará uma “tradicional festinha” para celebrar seus 65 anos, que acontece neste sábado (21).

Bolsonaro durante manifestação de domingo (15) – Foto: Sérgio Lima/Poder360
Leia Mais

Jurista pede que Bolsonaro passe por avaliação de sanidade mental

“Eu faço 65 [anos] daqui a quatro dias. Vai ter uma festinha tradicional aqui. Até porque eu faço aniversário dia 21 e minha esposa dia 22. São dois dias de festa aqui. Emenda, dia 21, próximo de meia-noite ela me cumprimenta; logo depois eu a cumprimento”, disse o presidente. Aliás, as atitudes de Bolsonaro contradizem os ministros da Justiça, Sergio Moro, e da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Eles editaram, nesta segunda-feira (17), uma portaria para o combate à pandemia de coronavírus, autorizando o uso da força policial para obrigar indivíduos suspeitos de contaminação a ficar em isolamento ou quarentena e estabelecendo crimes no caso de descumprimento das medidas.

Moro Bolsonaro
Sérgio Moro e Jair Bolsonaro – Foto: Marcos Corrêa/PR
Mandetta e Bolsonaro – Foto: Gabriela Biló/Estadão

Além disso, Bolsonaro também afirmou que medidas adotadas por governadores para conter o Covid-19 vão prejudicar muito a economia. “Esse vírus trouxe uma certa histeria. Tem alguns governadores, no meu entender, posso até estar errado, que estão tomando medidas que vão prejudicar e muito a nossa economia”, declarou. “A vida continua, não tem que ter histeria. Não é porque tem uma aglomeração de pessoas aqui e acolá esporadicamente [que] tem que ser atacado exatamente isso. [É] tirar a histeria. Agora, o que acontece? Prejudica”, acrescentou o político.

Vale lembrar que Jair já havia descumprido ordens médicas e deixado o isolamento para participar dos protestos no domingo (15) em Brasília. Ele, aliás, cumprimentou manifestantes, tirou fotos e ficou bem próximo à multidão em frente ao Palácio do Planalto. O Ministério da Saúde já havia pedido para a população evitar aglomerações, que tornam-se focos de propagação do Covid-19.

O presidente Jair Bolsonaro cumprimenta apoiadores na frente do palácio do planalto, ao final da manifestação em favor do seu governo – Foto: Pedro Ladeira/Folhapress
Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz