Acontece

Empresas combatem a fome na pandemia do coronavírus

Doação de comida para pessoas vulneráveis - Foto: Divulgação
Doações de alimentos e marmitas contemplam profissionais da saúde e comunidades vulneráveis

A pandemia do coronavírus fez brotar a semente da solidariedade em várias empresas. Além da ajuda financeira, muitas decidiram combater a fome durante a pandemia. As companhias, aliás, surgiram com campanhas e iniciativas que atendem profissionais da saúde e comunidades mais vulneráveis.

Leia Mais

Vivara doa R$ 1 milhão a comunidades vulneráveis durante pandemia

O McDonald’s, por exemplo, é uma das empresas que lutam contra a fome intensificada pela pandemia. A campanha #McObrigado já ultrapassou 50 mil combos doados a quem está na linha de frente do combate ao coronavírus. No Brasil, a empresa já beneficiou profissionais da saúde, caminhoneiros, catadores de materiais recicláveis e entidades que apoiam moradores de rua e pessoas em situação de vulnerabilidade. Ainda assim, a meta da rede é atingir 100 mil doações nas próximas semanas.

Campanha #McObrigado – Foto: Divulgação

O Restaurante Jamile, que tem como um dos sócios o chef Henrique Fogaça, também participa do combate à fome. O estabelecimento criou a campanha Marmita do Bem, que distribui quentinhas para moradores de rua no centro de São Paulo.

Uma das Marmitas do Bem, com massa a bolonhesa e burrata – Foto: Divulgação

Na mesma linha, a Unilever doou mais de 700 toneladas de produtos e alimentos no combate ao coronavírus. Além disso, criou uma alternativa para conectar quem precisa e gosta de cozinhar à pessoas que não têm acesso a refeições diárias. Para isso, a companhia usou a Hellmann’s para liderar a ação, que conta com apoio de empresas como Ame Digital, Deloitte, Eats for You e iFood. A expectativa é distribuir pelo menos 3.000 refeições prontas por dia para ONGs e comunidades em alta vulnerabilidade social.

Unilever – Foto: Divulgação

Também pensando em auxiliar famílias carentes que foram afetadas pela crise, a Ale Combustíveis doou R$ 1 milhão para a ONG Ação da Cidadania. O recurso será destinado à aquisição de cestas básicas equivalentes a um milhão de refeições, que serão entregues a moradores de comunidades de baixa renda no Nordeste e em Minas Gerais.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz