Acontece

Após relatos de abuso, corpo de Michael Jackson pode ser exumado

Michael Jackson e o menino James Safechuck em foto apresentada no documentário 'Leaving Neverland' - Foto: Reprodução
O documentário “Leaving Neverland” revela detalhes sobre a vida do cantor

Morto em junho de 2009, o corpo de Michael Jackson pode ser exumado para comprovar possíveis relatos de abusos de crianças, pré-adolescentes, deficientes e pessoas com doenças terminais, de acordo com o portal Radar Online. Após a exibição do documentário “Leaving Neverland”, pela HBO dos Estados Unidos, 11 novas pessoas apresentaram relatos de abusos sofridos pelo artista.

A primeira parte do documentário foi ao ar na noite de quinta-feira (7). No especial de 4h, Wade Robson e James Safechuck deram detalhes sobre como Michael os preparos e os abusou sexualmente antes de coloca-los de lado para fazer o mesmo com outros meninos. A família do Rei do Pop entrou com uma ação judicial contra a emissora, em uma tentativa de impedir que o documentário continue sendo exibido.

Em entrevista ao jornal The Mirror, o primo de Michael Jackson, Keith Jackson, de 55 anos, alegou que o cantor é verdadeira vítima. “Michael amava as crianças, ele amava seus próprios filhos e amava as crianças em geral. É uma pena que ele tenha ido e a família tenha que defendê-lo agora. Michael doou milhões de dólares para tentar ajudar pessoas, salvar vidas de crianças e ajudar pacientes com câncer. Mas ao invés de Hollywood fazer algo positivo, eles, mais uma vez, tiveram que fazer um filme completamente depreciativo e ofensivo. Eu realmente acredito que a verdade se revelará”, disse.

Cena do documentário Leaving Neverland – Foto: Reprodução

O DOCUMENTÁRIO

Batizado de “Leaving Neverland” (Deixando Neverland), o documentário foi descrito como “perturbador”, “chocante” e “devastador” e vem sendo encarado como prova de que Michael Jackson realmente molestou menores de idade – uma acusação que circula há anos, mas sempre negada e jamais comprovada. Na entrevista, Robson, uma das crianças na época, conta que Jackson começou a tocá-lo de forma inapropriada logo nas primeiras noites que passou em Neverland.

O longa é dirigido pelo britânico Dan Reed e apresenta entrevista com duas vítimas: Wade Robson e James Safechuck, hoje com cerca de 30 anos. Eles alegam que o cantor manteve um relacionamento com eles quando tinham sete e 10 anos, respectivamente.

Cartas, áudios de telefonemas e fotografias são apresentados como evidências do crime. Os relatos são tão explícitos que a maior parte das resenhas sobre o filme evitou transcrevê-los. Antes da sessão, o diretor de Sundance afirmou aos espectadores que uma equipe de enfermeiros estava a postos para oferecer suporte caso alguém passasse mal.

No Brasil, a primeira parte do documentário vai ao ar no dia 16 de março, às 20h; a segunda, no dia seguinte, dia 17 de março, no mesmo horário, no canal HBO e na plataforma de streaming HBO GO.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz