Malas Prontas

Exposição de esculturas mudam cenário do Rockfeller Center, em NY

A Frieze Sculpture reúne obras de 14 artistas e pode ser vista por turistas e novaiorquinos ao ar livre e de forma gratuita

A famosa praça principal do Rockefeller Plaza, em Manhattan, conhecida mundialmente por ser o local que abriga a tradicional árvore de Natal de Nova Iorque no fim do ano, está de cara nova. Desde o fim de abril, o espaço ganhou sete novas esculturas, entre elas uma pedra rachada, uma espécie de porta,um punho erguido e um gigante gramofone.

Uma das peças em exposição no complexo do Rockfeller Center, em Nova Iorque. Foto: Hypnotique|Reprodução
Uma das peças em exposição no complexo do Rockfeller Center, em Nova Iorque. Foto: Hypnotique|Reprodução

Já na Quinta Avenida, uma cabeça branca com as mãos sem corpo sobre os olhos chama atenção de turistas de todo o mundo. Segundo o New York Times “até mesmo as entradas para vários prédios foram renovadas de um dia para o outro, com esculturas escondidas em lobbies”.

A escultura que fica em frente para a Quinta Avenida, em Nova Iorque, no local da tradicional árvore de Natal. Foto: Nicole Saraniero
A escultura que fica em frente para a Quinta Avenida, em Nova Iorque, no local da tradicional árvore de Natal. Foto: Nicole Saraniero

Estas peças, todas à venda por galerias, fazem parte da edição inaugural da Frieze Sculpture no Rockefeller Center.No total, são 20 esculturas de 14 artistas, colocadas em torno do famoso complexo de prédios de escritórios. A iniciativa, apresentada pela Frieze New York e pela Tishman Speyer, proprietária do Rockefeller Center, está expandindo a marca da feira de arte Randalls Island para Manhattan, com trabalhos de artistas como Hank Willis Thomas, Kiki Smith, Ibrahim Mahama, Sarah Sze e Walter De Maria e Joan Miró.

Há esculturas por todo o complexo do Rockfeller Center, de mais de 20 artitas. Foto: Hipnotique|Reprodução
Há esculturas por todo o complexo do Rockfeller Center, de mais de 20 artitas. Foto: Hypnotique|Reprodução

O curador Brett Littman (diretor da Isamu Noguchi Foundation e do Garden Museum em Long Island City, Nova York) supervisiona a nova exposição pública ao ar livre, e dá continuidade ao setor já estabelecido no Regent’s Park de Londres, onde uma exibição gratuita de mais de 20 esculturas e instalações recebe milhões de visitantes de julho a outubro de cada ano. Com os principais artistas da atualidade apresentados por galerias internacionais, o Frieze Sculpture no Rockefeller Center cria uma importante iniciativa de arte pública em uma das atrações mais icônicas de Nova York, também com acesso gratuito a todos. A exposição fica em cartaz até o fim de junho. Veja mais algumas obras:

Mais uma obra da Frieze Sculpture, em Nova Iorque. Foto: Hypnotique
A exposição ao ar livre, com obras gigantescas, fica em cartaz até o fim de junho. Foto: Hypnotique
A exposição ao ar livre, com obras gigantescas, fica em cartaz até o fim de junho. Foto: Hypnotique
Os novaiorquinos passeiam por entre as obras de artes do artista Joan Miró. Foto: Timothy Schenck|Reprodução
Os novaiorquinos e turistas passeiam por entre as obras de artes do artista Joan Miró. Foto: Timothy Schenck|Reprodução

Siga RJ nas Redes Sociais