Rodrigo Galvão - Foto: Reprodução
Acontece

Pleno do TJPE elege novos desembargadores eleitorais

A votação aconteceu na manhã desta segunda-feira (13), na Alepe
Por Gabriella Autran
O Pleno do Tribunal de Justiça de Pernambuco reuniu-se, nesta segunda-feira (13), às 9h, excepcionalmente na Alepe, para a votação das duas listas tríplices de representantes da OAB-PE, para o preenchimento de duas vagas de desembargador eleitoral através do Quinto Constitucional. Para a vaga da desembargadora Érika Ferraz, os três escolhidos foram Rodrigo Galvão (35), Felipe Magalhães (31) e Carlos Gil Filho (31).
Delmiro Campos foi o mais votado para a vaga de Júlio Oliveira, com 38 votos – Foto: Divulgação
Já para a vaga de Júlio Oliveira, os nomes são Delmiro Campos (38), Rodrigo Beltrão (25) e Paulo Maciel (24). Agora, o próximo passo é a Corte Eleitoral encaminhar as listas para Brasília, a fim de que o presidente Jair Bolsonaro indique os escolhidos para os cargos.
Frederico Neves e Carlos Moraes – Foto: TJPE/Divulgação
Frederico Neves ficou com a vaga de Luiz Carlos no TRE, por aclamação, enquanto Carlos Moraes (27) com a vaga de Agenor Ferreira de Lima. Os dois nomes participarão de novas eleições no TRE, para que seja definido quem fica com a presidência e a vice, para conduzir, aliás, as eleições municipais de 2020. Roberto Maia foi eleito para a vaga do desembargador Itamar Pereira, com 31 votos.
Roberto Maia foi eleito para a vaga do desembargador Itamar Pereira – Foto: TJPE/Divulgação
Virginia Gondim empatou com Roberto Bivar para a vaga de desembargador do TRE na classe de juiz substituto, mas acabou ficando com a vaga por ser a mais antiga na magistratura. Para a vaga de desembargador  do TRE na classe de juiz de direito titular, o escolhido foi Rui Patu, com 28 votos.
Virginia Gondim e Ruy Patu – Foto: TJPE/Divulgação

Siga RJ nas Redes Sociais