Desfile da Prada em Nova Iorque - Foto: Reprodução/Instagram
Moda

Prada anuncia fim do uso de peles de animais em suas coleções

O grupo irá vender as peças já produzidas com o material apenas até o término do estoque

Assim como Gucci, Versace e Ralph Lauren, a marca Prada anunciou que não utilizará mais peles de animais a partir das coleções spring/summer 2020. O estoque com peles será vendido apenas até que as últimas peças produzidas sejam esgotadas. A marca pretende unir o conceito de responsabilidade social com o luxo e atender as demandas dos compradores que são mais cuidadosos na escolha de produtos sustentáveis que respeitem o meio ambiente e os animais.

“O Grupo Prada está comprometido com a inovação e a responsabilidade social, e uma política livre de peles – alcançada após um diálogo positivo com a Fur Free Alliance, em particular com a LAV e a Humane Society dos Estados Unidos – é uma extensão desse engajamento. O foco em materiais inovadores permitirá à empresa explorar novos limites do design criativo, atendendo à demanda por produtos éticos”, Disse Miuccia Prada.

RET Davinci

A marca anunciou a novidade no seu instagram: