Paraty - Foto: Divulgação
Malas Prontas

Paraty pode virar patrimônio mundial da Unesco

O Comitê deve decidir até este sábado (6)

Paraty e Ilha Grande, ambas localizadas no Rio de Janeiro, podem virar patrimônio mundial! Isso porque o Comitê da Unesco deve decidir até este sábado (6) se elas passarão a integrar a lista. A região concorre como sítio misto – ou seja, como patrimônio cultural e também natural. Segundo o jornal O Globo, a escolha do comitê será feita em Baku, no Azerbaijão. Lá, eles começaram as reuniões no domingo (30) que envolvem a decisão sobre 28 pedidos de reconhecimento de patrimônios mundiais, sendo apenas dois mistos.

Paraty – Foto: Divulgação

Caso a região na Costa Verde do Rio seja aprovada pelo comitê, será a primeira vez que o Brasil terá um patrimônio misto. Hoje, o país tem 21 sítios reconhecidos pela agência das Nações Unidos. Elas são voltadas para a educação, ciência e cultura, sendo sete naturais e 14 culturais. Aliás, no mundo, dos 1.092 bens inscritos na lista de patrimônio mundial, 38 são mistos. O dossiê de candidatura entregue ao Centro de Patrimônio Mundial, em Paris, foi batizado de  “Paraty: Cultura e Biodiversidade”.

RET FPS Enfer

Além da joia que é o seu centro histórico, a região de Paraty conta com quatro áreas de conservação ambiental. O Parque Nacional da Serra da Bocaina, o Parque Estadual da Ilha Grande e a Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul. Além da Área de Proteção Ambiental de Cairuçu, que abrangem uma área de quase 149 mil hectares. Já na Baía da Ilha Grande, são mais de 187 ilhas. A região ainda abriga duas comunidades indígenas, duas quilombolas e 28 caiçaras.

Ilha Grande – foto: Divulgação

SBD FPS Vest Geral