Fernando de Noronha - Foto: Reprodução
Acontece

Mais de 60 pousadas de Fernando de Noronha “deixam” o Booking. com

A iniciativa é em represália a proliferação de pousadas não cadastradas, na plataforma de busca na internet

Um grupo de 68 pousadas de Fernando de Noronha aderiu a um movimento de exclusão da plataforma de busca de reservas Booking.com. O “protesto” acontece por tempo indeterminado. Entre elas, nomes de peso como com Zé Maria, Maria Bonita, Morena, EcoCharme e Tejuaçu. A intenção é chamar atenção para a necessidade de preservação de qualidade do Turismo da ilha e proteção ao meio ambiente.

Pousada Maria Bonita – Foto: Reprodução

A Associação dos donos de Pousada de Noronha, aliás, afirma que a medida dará ainda mais credibilidade as pousadas regulares que usam os meios eletrônicos para reservas. Esses estabelecimentos regulares são fiscalizados pela vigilância sanitária e bombeiros. Eles têm leis ambientas, taxa de ocupação de terreno e respeito às leis trabalhistas com o recolhimento dos impostos do trabalhados. O pagamentos de impostos distritais, estaduais e federais. Além de ter o alvará de funcionamento expedido pela administração de Noronha e estar inscrito e em dia com o Cadastur, do Ministério do Turismo, licença do CPRH e ICMBio.

RET Davinci
Pousada Morena – Foto: Reprodução

De acordo com o presidente da Associação, Ivan Costa, os pousadeiros regulares têm responsabilidade com o turismo do local. “Nós, proprietários de pousadas com CNPJ, temos a responsabilidade com a ilha e com o impacto ambiental. Se quiserem trabalhar com hospedagem, que cumpram as leis”, afirma. Certamente, uma campanha que vai mexer  com um dos destinos turísticos mais procurados do País. De fato, um grande protesto para preservação da ilha.

Pousada Zé Maria – Foto: Reprodução

SBD Da Vinci

Siga RJ nas Redes Sociais

RET Davinci