Tino Marcos - Foto: Divulgação
Acontece

Tino Marcos pede licença da Globo até o final do ano

O repórter pediu licença não remunerada de seis meses
SBD Da Vinci

Tino Marcos, que acabou de cobrir a Copa América 2019, pediu licença e vai ficar fora da Rede Globo até o fim do ano. O repórter pediu licença não remunerada de seis meses e voltará em janeiro de 2020, como confirmou a empresa. Mas esta não é a primeira vez que Tino pede licença. Em 2015, ele tirou um ano sabático para se dedicar à família e aos estudos e voltou ao trabalho em 2016, com uma entrevista exclusiva com Rafael Nadal no Esporte Espetacular.

Segundo Marcelo Tieppo, do site UOL, o clima na emissora não é dos melhores. Há uma insatisfação geral, principalmente dos repórteres que têm mais tempo de casa, com algumas decisões tomadas recentemente, como a redução de salários e a saída de outros repórteres como Mauro Naves.

Ainda de acordo com o UOL, agora, a emissora acena com uma nova redução. Querem passar os profissionais para o regime de CLT. Além disso, há casos em que profissionais mais jovens têm saído com câmeras para gravar reportagens, o que os veteranos já avisaram que não vão fazer.

Tino Marcos e Mauro Naves – Foto: Divulgação

Tino fez parceria com Mauro Naves durante muitos anos na Seleção Brasileira e a forma como o amigo deixou a Globo também teria pesado na decisão. Além disso, informalmente, ele já havia avisado que não aceitaria uma redução no seu salário, o que ainda não ocorreu.