O Disney + promete ser a nova concorrente da Netflix
Acontece

D23: conheça a nova concorrente da Netflix

O poderio de preferência da Netflix pode estar ameaçado pelo lançamento do “Disney +”, a nova plataforma de streaming da Disney. A informação foi lançada durante a D23, a feira de anúncios da Disney que acontece até domingo nos EUA, onde o estúdio apresentou os detalhes de lançamentos do seu serviço próprio.

Leia Mais

Bacurau tem estreia especial no Recife

Agora, com o Disney +, os títulos mais amados do cinema pelos espectadores estarão disponíveis mais facilmente na internet. De Star Wars a heróis da Marvel, tudo pode e será disponibilizado na nova plataforma. Sem falar que, fora os filmes e séries já conhecidos, o estúdio será responsável também por nova produções, o que pode desbancar a Netflix, veterana no ramo.

É bom lembrar que a Disney inclui empresas como Marvel, Pixar e a 21st Century Fox. Todas foram compradas por um preço inacreditável de cerca de US$ 83 bilhões. Desse jeito vai ser mais difícil de decidir qual plataforma de streaming assinar e qual pacote escolher. Mas calma! Os ansiosos de plantão terão que esperar porque a previsão de chegada somente no segundo em 12 de novembro de 2020. Vale aguardar!

Confira as 7 produções originais mais aguardadas do Disney +:

Loki

O primeiro projeto do Disney + para a Marvel é uma série de TV em que o próprio Tom Hiddleston revisita o personagem Loki nos filmes da Marvel. Já pode ficar animado, mas saiba ainda vai demorar. A previsão para o lançamento da série é apenas para o primeiro semestre de 2021.

Personagem de Loki, o Deus da Trapaça – Foto: Divulgação

A Dama e o Vagabundo

Já dá para imaginar a fofura. O Disney + lançará a nova versão do filme “A Dama e o Vagabundo”, originalmente de 1955, no mesmo dia de estreia da plataforma. A história todo mundo já sabe, mas vale aguardar como será a nova versão do caso de amor entre os dois cachorrinhos?

Monsters at Work

Os fãs de Monstros S.A. podem se preparar que vem novidade quentíssima. É a nova série original da Disney que poderá ser conferida na nova plataforma. Ela vai funcionar como uma continuidade do filme, tratando da usina de risadas 6 meses após o período narrado no primeiro longa. Você poderá ver Mike e Sulley novamente a partir de 2020.

Monsters at Work – Foto: Divulgação
What If

A produção, que será lançada pelo serviço de streaming Disney+ em 2021, trará vários universos paralelos em que heróis e vilões que já conhecemos vivem vidas completamente diferentes. As imagens mostraram Peggy Carter tomando o soro do Capitão América e se transformando em heroína, a Capitã Britânia.

Hayley Atwell como Peggy Carter – Foto: Reprodução

Seu traje é similar ao do América, mas com a bandeira do Reino Unido. Forte, ela para um veículo com um escudo e o levanta acima de sua cabeça. Já Steve Rogers surge magrinho, comandando um traje parecido com o do Homem de Ferro. Ele chega, inclusive, a voar, com Peggy em suas costas.

Peggy Carter se transforma em heroína na série What If – Foto: Reprodução

 

The Mandalorian

A série original trará um universo expandido da saga Star Wars, e terá o ator Pedro Pascal interpretando o protagonista em um período que se situaria entre O Retorno de Jedi e O Despertar da Força.

O elenco contará com Nick Nolte, Werner Herzog, Gina Carano e Giancarlo Esposito, e será a 1ª série live-action da franquia Star Wars. A estreia está prevista para dia 12 de novembro nos Estados Unidos.

WandaVision

A série, relacionada ao filme Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura, contará com os atores Elizabeth Olsen e Paul Bettany nos papéis da Feiticeira Escarlate e o Visão. Além disso, contará a história da filha crescida de Maria Rambeu, personagem que apareceu pela primeira vez em Capitã Marvel.

WandaVision – Foto: Reprodução
WandaVision – Foto: Reprodução
Kamala Khan

A série contará a história da Ms. Marvel, Kamala Khan. A heroína dos quadrinhos é inumana, e consegue modificar seu corpo tanto em forma quanto em proporção. A personagem teve a sua primeira aparição nas HQs em 2013, e por sua origem islâmica, é considerada um exemplo de inclusão da Marvel.

Kamala Khan – Foto: Reprodução

SBD La Fleur