Ana Cristina Cunha - Foto: José Britto
Decoração

Ana Cristina Cunha fala das tendências de cores no Living Coral

O espaço está disponível na Casa Cor Pernambuco 2019

O aconchegante Living Coral, assinado por Ana Cristina Cunha para a Casa Cor Pernambuco 2019, prova que é possível usar a tinta para criar um ambiente sofisticado e criativo. Um espaço, aliás, que faz a cor abraçar o visitante. A mostra vai até o dia 3 de novembro, no Casarão da Avenida 17 de Agosto, em Casa Forte.

Living Coral

Em um espaço de 120 m², predominam nas paredes os tons cinza, verde e terra. O efeito Cimento Queimado aparece na cor Estátua Antiga, enquanto o Velvet confere um aspecto aveludado aos tons Cobre Arandela e Praça no Inverno, a Cor do Ano de 2020, de acordo com o estudo internacional de cores e tendências da AkzoNobel. Creme Brulée, a Cor do Ano de 2019, também marca presença no ambiente. Um esmalte sintético preto fosco foi escolhido para marcar a estrutura em ferro na área externa.

Living Coral – Ana Cristina Cunha – Foto: Denilson Machado/Divulgação

Em sua quinta participação na mostra, Ana Cristina Cunha fez a curadoria do mobiliário, dos objetos e das obras de arte em função da paleta de cores das paredes. As peças escolhidas são em vidro e na cor branca. Já as telas de Manoel Veiga, Bruno Vilela e Jorge Souza ganham molduras pretas.

Living Coral – Ana Cristina Cunha – Foto: Denilson Machado/Divulgação
Living Coral – Ana Cristina Cunha – Foto: Denilson Machado/Divulgação

Na área externa, o mobiliário tem uma impressão mais primitiva, com materiais in natura modelados e um toque humano. “A proposta é fazer com que seja um local agradável, em que as pessoas relaxem a ponto de se desconectar do mundo”, explica. Na área interna, a arquiteta projetou um living completo, com destaque para as paredes. “Criei painéis em sobreposição nas paredes para que o visitante possa perceber como a tinta pode ser trabalhada com elegância”, detalha Ana Cristina Cunha.

Living Coral – Ana Cristina Cunha – Foto: Denilson Machado/Divulgação

Toda a obra do Living Coral valoriza e põe em prática a sustentabilidade, temática da mostra. Aliás, Ana Cristina Cunha desenvolveu ao extremo uma construção com o mínimo de resíduos, como a estrutura metálica na área externa e o uso de drywall. Todo o material vai ser realocado depois.

Living Coral – Ana Cristina – Foto: Jose Britto

SBD FPS Vest Geral