Democracia em Vertigem
Filme foi lançado pela Netflix em  junho de 2019. Foto: Reprodução.
Acontece Política TV e Cinema

Democracia em Vertigem concorre ao Oscar de Melhor Documentário

Filme demonstra o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.
SBD Vapporeto

O cinema brasileiro tem muito o que comemorar nesta segunda-feira (13). O filme “Democracia em Vertigem”, da diretora mineira Petra Costa, foi indicado ao Oscar 2020 na categoria Melhor Documentário.

A obra, que demonstra o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e a crise política no Brasil, foi lançada pela Netflix em  junho de 2019. Para além do afastamento da petista, o documentário analisa, também, a prisão do ex-presidente Lula, a operação Lava Jato e a eleição de Jair Bolsonaro como presidente do Brasil.

Leia mais

Os filmes mais aguardados em 2020

Membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood desde 2018, Petra Costa, aliás, já assinou a direção de filmes como “Olhos de Ressaca” e os documentários “Elena” e “Olmo e a gaivota”. Com “Democracia em Vertigem”, a diretora, agora, alcançou sua primeira indicação ao Oscar.

Também concorrem, aliás, a Melhor Documentário na maior premiação do cinema mundial os filmes “American Factory”, “The Cave”, “For Sama” e “Honeyland”. A cerimônia de premiação acontece no dia 9 de fevereiro em Los Angeles.