Saiba como cuidar da pele diante do excesso de sol - Foto: Divulgação
Beleza

Saiba como cuidar da pele diante do excesso de sol

Especialista alerta sobre risco de descamação da pele

Quem exagera no bronze pode sofrer graves consequências. Um dos efeitos mais incômodos é a descamação, processo de inflamação na epiderme. “A camada mais superficial da pele está propensa a um processo de renovação, visto que os raios solares intensificam a divisão das células e causam um aumento de espessura. No verão, as altas temperaturas nos fazem perder água e essas células morrem, é aí que começam os desconfortos da descamação” explica Patrícia Guimarães, dermatologista da Real Derma.

Leia Mais

Tutorial: Confira makes para arrasar no Carnaval

Para evitar esse tipo de problema, o ideal é fugir da exposição prologada ao sol entre às 9h e 16h. Além disso, também é importante lembrar que a proteção solar fator acima de 30 é item obrigatório. “É necessário reaplicar a cada duas horas”, orienta a dermatologista. Mas, para quem já sofre de algum processo de descamação, o recomendado é não se expor novamente aos raios solares e deixar a cútis descansar até voltar ao normal.

Proteção solar é essencial – Foto: Divulgação

“Com a camada mais superficial saindo, a mais profunda fica exposta, é por isso que a falta de cuidados resulta em manchas e queimaduras graves”, revela Patrícia Guimarães. Ou seja, puxar a pele ou usar esfoliantes não ajuda em nada. A especialista sugere banhos frios e uso contínuo de creme hidratante à base de vitamina C, até a recuperação completa da pele. Outra dica importante é aumentar a ingestão de água para garantir o bom funcionamento do organismo.