Sérgio Camargo já protagonizou outras polêmicas - Foto: Reprodução/Twitter
Acontece

Presidente da Fundação Palmares diz que isolamento é imbecilidade

A medida foi adotada por governos estaduais e municipais para conter o avanço do coronavírus

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, protagonizou mais uma polêmica. Ele chamou o distanciamento social de “a maior imbecilidade da história da humanidade”. A medida, aliás, foi decretada por governos estaduais e municipais para conter o avanço do novo coronavírus. O comentário de Sérgio apareceu em uma postagem no Twitter de Jair Bolsonaro, na noite de segunda-feira (23). Aliás, na postagem, o presidente da república se opõe ao que chama de “medidas extremas sem planejamento e racionalidade” no combate à pandemia.

Bolsonaro e Sérgio Camargo – Foto: Reprodução/Instagram
Leia Mais

Presidente da Fundação Palmares alfineta Regina Duarte

Além disso, Camargo pediu que o confinamento seja imediatamente suspenso e limitado aos que pertencem ao grupo de risco, isto é, pessoas com mais de 60 anos, com doenças crônicas e transplantados. “Ao trabalho, brasileiros!”, conclui o presidente da Fundação Palmares.

Sérgio Camargo já protagonizou outras polêmicas – Foto: Reprodução/Twitter

Ainda assim, a medida de isolamento social da população é uma das mais recomendadas pelos especialistas para conter a disseminação da doença até a criação de uma vacina. Aliás, ela que vem guiando a ação de uma série de governos no Brasil e até internacionalmente.