Malas Prontas

TAP Air Portugal suspende 90% dos funcionários temporariamente

A força de trabalho da TAP Air Portugal conta com 10 mil colaboradores (Foto: Reprodução/@tapairportugal)
Os 10% restantes da força de trabalho da companhia aérea sofrerão redução de carga horária e salário

A companhia aérea TAP Air Portugal determinou a suspensão dos contratos de 90% de seus funcionários durante 30 dias, a partir da próxima quinta-feira (02). De acordo com o porta-voz da empresa, esses funcionários continuarão a receber, graças a ajuda do governo português, dois-terços dos seus salários. Essa suspensão, entretanto, pode ser prolongada por mais tempo após esses primeiros 30 dias. A força de trabalho da TAP Air conta com 10 mil colaboradores.

Leia mais

Coronavírus: editora Globo para de imprimir de revistas

tap-air-portugal-coronavírus-demissão
A partir do dia 1º de abril, a operação da TAP será limitada a 5 voos por semana. (Foto: Reprodução/@tapairportugal)

O porta-voz da TAP Air Portugal disse, ainda, que os outros 10% da força de trabalho da empresa que continuarão trabalhando sofrerão uma redução de 20% em suas horas de trabalho e remuneração. A operação da companhia aérea também será significativamente reduzida. Antes da pandemia do novo coronavírus, a TAP realizava mais de 3 mil voos por semana. Porém, a partir da próxima quarta (01), sua operação será limitada a 5 vôos por semana. Além disso, a companhia aérea ajudará o governo português no repatriamento de cidadãos portugueses do exterior, além de atuar no transporte de cargas e esforços humanitários.