Malas Prontas

Coronavírus: Argentina proíbe demissões pelos próximos 60 dias

O Presidente Alberto Fernández também decidiu estender o período de quarentena no país. (Foto: Santiago Botero/NurPhoto/Montagem)
O decreto foi assinado pelo presidente do país, Alberto Fernández

O Governo da Argentina anunciou, nesta quarta (01), a tomada de algumas medidas para combater a pandemia do novo coronavírus – e suas consequências – no país. Entre as decisões tomadas está a proibição, durante os próximos 60 dias, de que empresas demitam seus empregados por falta ou redução de trabalho e força maior ou sem justa causa. Esse decreto, inclusive, foi assinado pelo próprio presidente da Argentina, Alberto Fernández.

Leia mais

TAP Air Portugal suspende 90% dos funcionários temporariamente

Além disso, o governo argentino irá auxiliar empresas com até 100 funcionários a pagarem os salários de seus empregados. A mesma ajuda vale para prestadores de serviços das companhias maiores. O benefício, entretanto, não abrange empresas de setores fundamentais, que continuam funcionando mesmo com a pandemia da Covid-19.

Rua comercial em Buenos Aires, vazia (Foto: Reprodução/Ronaldo Schemidt/AFP)

O Presidente Alberto Fernández também decidiu prorrogar a quarentena obrigatória para o dia 13 de abril. A Argentina está em isolamento desde o dia 20 de março. Até esta quarta (01), o país notificou 1.054 casos confirmados da Covid-19 e 27 mortes causadas pela doença.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz