Acontece

Projeto #Cuidar: veja o depoimento do empresário Alysson Lessa

O projeto #Cuidar, da jornalista Karina Maux, traz mais um depoimento dando continuidade ao #elesfalamoquefazem, mostrando o que mudou na rotina dos homens na quarentena. Confira:

Antes do isolamento social, o empresário Alysson Lessa treinava presencialmente na academia cinco vezes na semana. Mesmo com a mudança de ritmo e tendo que trabalhar, na maioria das vezes, em home office – obedecendo às medidas do Governo do Estado de distanciamento social – a sua frequência nos treinos não chegou a diminuir tanto.

“Consigo fazer exercícios físicos de três a quatro vezes por semana”, garante. “Como tenho uma amiga personal trainer, ela tem prescrito alguns exercícios para eu fazer em casa”, comemora, acrescentando que usa a escada do prédio onde mora, sempre de máscara, para se movimentar mais, mas com a preocupação de observar os horários de nenhum movimento de outros moradores. “Como a maioria dos moradores não usa a escada, aproveito para subir e descer como forma de exercitar o cardio”. É sugerido e mais seguro para todos fazer o uso da máscara para transitar em áreas comuns do prédio.

Ele, que acorda rotineiramente às 9h, assegura que não está tendo problemas com o sono. “Começo o dia com um bom café da manhã, em seguida vou fazer o meu treino, depois trabalho em casa, e termino o dia deitado, maratonando as séries até, em média 2h da madrugada”. Segundo Alysson, que mora sozinho, o tempo em casa lhe proporcionou alguns benefícios, como o de cozinhar.

“A minha alimentação mudou muito. Estou conseguindo manter uma dieta bem regrada, estou conseguindo evitar comer muitos alimentos industrializados. Estou até cozinhando. Não tenho o que reclamar”. “Como quase sempre arroz integral, purê de batata doce e frango. No café da manhã não dispenso um ovo”.

O problema pontuado por ele é o fim de semana que tem relaxado na dieta. “Agora mesmo estou comendo um Doritos (era um sábado quando fiz a entrevista)”. Por outro lado, Allysson assegura está bebendo menos, ou seja, estar em casa não aumentou o seu consumo de álcool – fato que vem sendo chamado atenção pela Organização Mundial da Saúde (OMS), quanto ao abuso do consumo de bebidas alcoólicas durante a quarentena.

“Bebo uma ou duas vezes por semana, bem próximo do que fazia antes. Só que agora eu bebo e durmo porque tenho que beber sozinho”, afirma, acrescentando que sempre usa as mídias para falar com os amigos nos finais de semana, aliviando o fato de estar sozinho no isolamento. A OMS tem alertado países para que restrinjam a venda de bebidas alcoólicas, pois o uso excessivo pode prejudicar a imunidade do indivíduo, bem como ocasionar brigas dentro de casa.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz