O hub da Emirates está em Dubai - Foto: Divulgação
Malas Prontas

Emirates retoma voos de passageiros para nove destinos

A companhia retoma voos para Londres Heathrow, Frankfurt, Paris, Milão, Madri, Chicago, Toronto, Sydney e Melbourne

A Emirates anunciou, na quarta-feia (13), seu plano de retomada de voos com passageiros. Uma das melhores companhias aéreas do mundo, a empresa pretende voltar a ativa aos poucos e, a partir de 21 de maio, poder voar para nove destinos. Aliás, entre os destinos estão incluídos Reino Unido (Londres) e Austrália (Melbourne e Sydney), que dependem da aprovação do governo para pousos e decolagens internacionais. Além disso, a Emirates pretende retomar voos para Frankfurt, Paris, Milão, Madri, Chicago e Toronto.

Avião da Emirates – Foto: Divulgação

Ainda assim, a companhia aérea não deixará de operar em seu hub, ou seja, ponto de conexão para passageiros com destino a locais mais distantes. No caso da Emirates, a conexão em Dubai será oferecida para clientes que viajam entre o Reino Unido e Austrália. Apesar disso, os passageiros não poderão viajar de forma descontrolada. Isso porque só serão aceitos nesses voos clientes que atendam aos requisitos de elegibilidade e critérios de entrada dos países de destino.

O hub da Emirates está em Dubai – Foto: Divulgação
Leia Mais

Airbnb reforça protocolos de higienização em suas hospedagens

“Temos o prazer de retomar os voos de passageiros programados para esses destinos, oferecendo mais opções de viagem a clientes dos Emirados Árabes Unidos para essas cidades e entre o Reino Unido e a Austrália. Enquanto isso, trabalhamos com as autoridades para planejar a retomada das operações a outros destinos. Implementamos medidas adicionais de distanciamento social e higienização no aeroporto com a coordenação das autoridades. A segurança e o bem-estar dos nossos funcionários, clientes e comunidades são nossa prioridade principal”, disse Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates.

Para isso, a companhia adotou rígidas medidas de proteção para evitar o contágio de funcionários e demais passageiros. No aeroporto internacional de Dubai, clientes e funcionários terão suas temperaturas verificadas por meio de medidores térmicos. Além disso, barreiras de proteção foram instaladas nos balcões de check-in para aumentar a segurança durante a interação. Luvas e máscaras são obrigatórias a todos os clientes e funcionários no aeroporto. Além disso, a tripulação de cabine da Emirates, os agentes de embarque e a equipe em solo que interagem diretamente com os viajantes usarão equipamentos de proteção individual (EPI), incluindo avental descartável de proteção e viseira de segurança.

Funcionários da Emirates usarão EPIs – Foto: Divulgação

A Emirates também iniciou um rigoroso programa de higienização de suas aeronaves. As cabines das modernas aeronaves da Emirates estão equipadas com filtros de ar HEPA, que removem 99,97% dos vírus e eliminam poeira, alergênicos e germes do ar da cabine, fornecendo um ambiente a bordo mais saudável e seguro. Após o voo e pouso em Dubai, cada aeronave passará por um processo de limpeza e desinfecção minuciosas para garantir segurança e higienização adequadas.