A cena comum de passageiros se aglomerando nos corredores assim que o avião pousa pode ser cada vez menos frequente. (Foto: Bigstock)
Malas Prontas

Novas medidas sanitárias podem mudar hábitos de desembarque

A Anvisa atualizou uma série de medidas sanitárias a serem tomadas nos aviões e aeroportos para combater a Covid-19

Sabe aquela cena comum das pessoas aglomeradas nos corredores e abrindo o bagageiro assim que o avião pousa, mesmo que o aviso de atar o cinto ainda esteja ligado e as portas ainda não tenham sido abertas? Pois é, esse hábito ruim de muitos passageiros pode finalmente estar com seus dias contados a partir de agora.

O “novo normal” nos aviões pode incluir uma mudança positiva nos hábitos de desembarque dos passageiros. (Foto: Reprodução)
Leia mais

Gramado reabre restaurantes e hotéis, mas faltam turistas

Entre as medidas sanitárias atualizadas da Anvisa para enfretamento da Covid-19, publicadas na terça (19), está a recomendação de que, após o pouso da aeronave, os passageiros permaneçam sentados e o desembarque seja realizado por filas, começando pelos assentos da frente. Resta aguardar para ver se a recomendação será obedecida e e enfim os desembarques dos aviões acontecerão tranquilamente.

Aeroporto do Recife (Foto: Francisco Andrade/Setur)

Além das mudanças no desembarque, a Anvisa também estipulou medidas atualizadas para o embarque, check-in e filas de espera a serem tomadas pelas companhias aéreas. Confira algumas:

  • Exigir que tripulantes e passageiros usem de máscara de proteção respiratória na aeronave;
  • Organizar os procedimentos de check-in e embarque de forma que seja garantida a distância de 2 metros entre os viajantes, enquanto aguardam em filas ou salas de espera;
  • Sempre que possível, alocar os viajantes distantes uns dos outros dentro das aeronaves;
  • Recomenda-se a suspensão do serviço de bordo nos voos nacionais. No caso de manutenção desse serviço, priorizar alimentos e bebidas em embalagens individuais, higienizadas antes do serviço.