Vendas de batom caem durante pandemia do coronavírus - Foto: Motagem
Beleza

Máscara tira batom do item número um de makes

Produtos para cuidar dos cabelos e unhas ganhou força durante a pandemia

Durante a pandemia, o mercado de produtos para cuidados pessoais cresceu rapidamente. Ainda assim, alguns itens que estavam sempre no topo das vendas, despencaram devido às mudanças de hábitos. Um exemplo disso foi o batom. Um ícone do consumo por indulgência, o item costuma registrar aumento na demanda em momentos de crise. Isso porque muitas consumidoras estão em busca de melhorar a autoestima gastando pouco. Mas, durante a pandemia do coronavírus, o batom perdeu seu posto, segundo Artur Grynbaum, presidente do Boticário. As vendas da categoria de maquiagens começaram a reagir, mas, como as pessoas agora estão usando máscara, são os produtos para os olhos que estão mostrando resistência, de acordo com o empresário.

Produtos para os olhos ganharam força durante a pandemia – Foto: Divulgação
Leia Mais

Saiba como colorir os cabelos em casa

Além disso, como os hábitos de consumo mudaram, outros produtos também apresentaram aumento nas vendas. Com a alta na procura de itens essenciais, como álcool e sabonetes, veio também o interesse maior por produtos para cuidar das unhas e dos cabelos em casa. Os itens de uso rotineiro, como shampoo e desodorante, também resistiram.