Geraldo Julio divulga aplicativo Dycovid - Foto: Reprodução
Acontece

Aplicativo permite monitoramento da Covid-19 no Recife

O Dycovid foi criado pelo Ministério Público de Pernambuco, Porto Digital e pela Secretaria Estadual de Saúde

Os cidadãos recifenses ganharam mais um aliado no combate ao coronavírus. Nesta quarta-feira (27), o prefeito Geraldo Julio divulgou o aplicativo Dycovid. A ferramenta, aliás, foi criada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Porto Digital e pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). A função é contribuir no mapeamento e identificação do fluxo de contaminação do Covid-19 no Recife.

Prefeito Geraldo Julio – Foto: Andréa Rêgo Barros/Divulgação
Leia Mais

Com quarentena, baianos circulam por Salvador durante feriadão

Segundo o prefeito, as teleconsultas feitas pela ferramenta Atende em Casa, serão integradas ao Dycovid. “A integração desses dois aplicativos vai permitir que seja avaliado o risco de contaminação de quem utilizar. O Dycovid vai mapear e classificar o grau do risco de contaminação de cada usuário e encaminhar para o tele atendimento do Atende em Casa”, explicou Geraldo Julio. Aliás, segundo ele, a soma das ferramentas vai ser muito importante para o processo de flexibilização do isolamento social, ainda sem previsão para acontecer.

O aplicativo já está disponível para sistemas iOS e Android. Quem baixar poderá saber o seu grau de risco e será avisado quando estiver em contato com uma pessoa doente. “Essa é uma atitude que certamente vai ajudar a salvar muitas vidas”, disse o prefeito.

Aplicativo Dycovid – Foto: Divulgação
Leia Mais

Pesquisadores querem criar máscara ultra fina

Segundo o promotor de Justiça e secretário de tecnologia e inovação do MPPE, Antônio Rolemberg, para usar o aplicativo não precisa fazer cadastro, é só informar o número do celular. “Lá dentro do app já vai ter o Atende em Casa, e as pessoas vão ser mapeadas de acordo com o risco que a ferramenta identifica. Por isso a importância de que todos baixem o aplicativo, porque ele acaba sendo um grande concentrador de serviço”, afirmou. “Ao instalar o aplicativo e permitir os dados de geolocalização, cada celular gera chaves aleatórias que vão mudando, garantindo a privacidade. Tudo fica guardado de forma segura e criptografado”, finalizou Antônio.

O secretário de saúde do Recife, Jailson Correia, ressaltou a importância da ferramenta. Alás, será a partir da integração desses aplicativos que as estratégias de testagem rápida da população serão aprimoradas, já que o foco é em quem tiver sido classificado com maior nível de exposição à Covid-19.

Secretário de saúde do Recife, Jailson Correia – Foto: Reprodução

Além disso, Jailson Correia disse que há um indício de desaceleração da curva de casos de Covid-19, mas que ainda é precipitado realizar a flexibilização do isolamento. “Ainda há muitas pessoas que não foram expostas ao vírus aqui entre nós, na nossa cidade, e um relaxamento não programado, não planejado, pode gerar um aumento rápido da transmissão. É hora de ficar em casa até o término do isolamento programado para que se possa, então, tomar medidas cautelosas e planejadas, avaliando cada passo daqui em diante”, afirmou o secretário.