Acontece

Trump diz que EUA teria mais mortos se agisse como Brasil e Suécia

Donald Trump comparou Brasil e Suécia durante coletiva realizada nesta sexta (5) — Foto: J. Ernst/Reuters
No início da pandemia, Trump minimizou a ameaça do vírus assim como Bolsonaro

O presidente norte-americano Donald Trump voltou a falar do Brasil, em coletiva realizada nesta sexta (5). Dessa vez, ele citou o país uma das nações que estão tendo dificuldades para conter os óbitos por Covid-19. A menção foi feita numa tentativa de defender as medidas restritivas impostas nos Estados Unidos para combater o novo coronavírus.

Leia mais

Rafael Colombo estreia no “CNN 360”, ao lado de Daniela Lima

“Fechamos nosso país. Salvamos, possivelmente, 2 milhões, 2 milhões e meio de vidas. Poderia ser só um milhão de vidas, acho que não menos que isso. Mas se considerarmos que estamos em 105 mil hoje em dia, o número de vítimas seria pelo menos 10 vezes maior”, começou Trump.

“E se você olha para o Brasil, eles estão num momento bem difícil. E, falando nisso, continuam falando da Suécia. Voltaram a assombrar a Suécia. A Suécia também está passando por dificuldades terríveis. Se tivéssemos agido assim, teríamos perdido 1 milhão, 1,5 milhão, talvez 2,5 milhões ou até mais”, afirmou o presidente dos EUA.

Bolsonaro já citou a Suécia como exemplo positivo no combate ao novo coronavírus — Foto: Reprodução/Diário Popular MG
Leia mais

Miguel Falabella deixa a TV Globo após 39 anos

A Suécia foi citada por Bolsonaro como modelo a ser seguido nas estratégias de combate ao coronavírus. “Se depender de mim, quase nada teria sido fechado, a exemplo da Suécia”, disse o presidente durante videoconferência promovida por Paulo Skaf, diretor da Fiesp, no dia 14 de maio.

Ontem (4), o epidemiologista-chefe da Agência de Saúde Pública da Suécia, Anders Tegnell, que comanda a resposta do país ao coronavírus, expressou arrependimento pela não-imposição de medidas restritivas no país. “Se encontrássemos a mesma doença de novo, sabendo o que sabemos sobre ela hoje, acho que ficaríamos satisfeitos em adotar um meio termo”. Até esta sexta (5), segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, a Suécia registra mais de 40 mil casos confirmados de Covid-19, número muito maior do que o de seus vizinhos nórdicos, como Noruega (8.500) e Finlândia (6.900).

Leia mais

Como montar um home office agradável e produtivo

No início da pandemia, entretanto, Trump teve uma postura semelhante a de Bolsonaro, de minimizar a ameaça do vírus. Em março por exemplo, ele assegurou que a pandemia estava sob controle no país. E em abril, chegou a dizer que o vírus iria embora à medida que o clima nos EUA esquentasse, com a chegada do verão. Além disso, recentemente ele cortou relações do país com a OMS. Agora, os Estados Unidos são o epicentro do novo coronavírus em todo o mundo, com quase 2 milhões de infectados e mais de 108 mil mortos.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz