Acontece

Ex-BBB Daniel Rolim pede contribuições para não fechar ONG

A instituição abriga mulheres idosas — Foto: Reprodução/Montagem
O ex-brother mantém desde 1995 a Casa do Amor, no bairro do Arruda

Daniel Rolim, ex-BBB que ficou em terceiro lugar na 11ª edição do reality, está encontrando dificuldades para manter a Casa do Amor, instituição de caridade no bairro do Arruda, Zona Norte do Recife. Fundada em 1995, a Casa atende mulheres idosas, mas não tem parceiros e nem recebe apoio financeiro regular. Dessa maneira, todo o sustento da ONG fica por conta de Daniel e doações feitas por amigos do ex-brother. “De fome a gente não morre, agora para pagar os custos mensais nós precisamos de dinheiro, né? Infelizmente”, contou o ex-BBB em entrevista.

Em 25 anos de existência, a Casa do Amor já atendeu centenas de idosas. Atualmente, segundo informou Daniel, dez mulheres residem na instituição, mas seu desejo é poder ajudar um número maior. “Eu tenho medo de receber mais alguém, só se for alguém em  emergência, que não tem onde ficar”, afirmou. Para manter os funcionários da ONG, Daniel explica que são necessários entre R$ 29 e R$ 32 mil mensais.

Leia mais

Xuxa doará lucros de seus livros para projeto social

Daniel conta que fará “de tudo” para não fechar a ONG — Foto: Reprodução

Apesar das dificuldades, Daniel explica que insiste em manter a Casa e sua luta é para não fechá-la. “No que eu puder, vou fazer de tudo para manter as portas abertas”, garante. “Se eu fechar trarei para a minha casa, a minha casa estará aberta para essas idosas, até porque essas que vivem lá se tornaram a minha família, então eu não posso deixar em qualquer esquina porque são mais que minha família”, completou.

Um dos quartos da Casa — Foto: Reprodução/Instagram

Ao longo desses 25 anos, inclusive, Ana Maria Braga, Elba Ramalho, Luan Santana, Preta Gil e outros famosos já fizeram doações à instituição. Além deles, ex-BBBs tanto da edição de Daniel quanto de outras também já ajudaram o espaço. Todas as ações de solidariedade à Casa são espontâneas. “Todos que me conhecem, conhecem também a minha situação, sabem o que faço. Pra que eu pedir se a pessoa está sabendo do meu sofrimento?”, questionou Daniel.

Para contribuir a Casa do Amor, basta acessar a página criada para a instituição na plataforma Vakinha.

Muro da Casa — Foto: Cortesia

Com informações do Na Telinha/UOL

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz