Caruaru e Bezerros entram em quarentena rígida - Foto: Divulgação/Montagem
Acontece

Governo de PE decreta lockdown em cidades do Agreste pós São João

Caruaru e Bezerros entrarão em quarentena rígida a partir desta sexta-feira (26)

O Governo de Pernambuco decretou, nesta terça-feira (23), a restrição do funcionamento das atividades econômicas nos municípios de Caruaru e Bezerros, ambos no Agreste. Apenas os serviços essenciais poderão continuar abertos a partir desta sexta-feira (26), até o dia 5 de julho. Serão dez dias em que a população das duas cidades só poderá sair de casa para ir a supermercados, farmácias, padarias, postos de gasolina e serviços de saúde. Aliás, o decreto do lockdown da região acontece devido ao salto do número de casos de coronavírus no Agreste. Enquanto isso, outras regiões do estado tem reduzido o número de casos e óbitos por causa da Covid-19.

Leia Mais

Hotel Sheraton Reserva do Paiva fecha as portas após seis anos

A região registrou aumento expressivo na disseminação da doença. Caruaru e Bezerros foram responsáveis por 71% do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Agreste, na última semana. A região pulou de 267 para 358 casos de SRAG. Em Caruaru, por exemplo, o salto foi de 97 para 152 casos. Já no município de Bezerros, o avanço foi de 27 para 37 casos.

Caruaru, no Agreste de Pernambuco – Foto: Hesíodo Góes/Arquivo/Folha de Pernambuco

“Nossa decisão é de limitar as atividades naquela região de Caruaru e de Bezerros o máximo possível. Apenas as atividades essenciais estarão liberadas e nós vamos fazer uma restrição nas atividades comerciais, visando reduzir a circulação de pessoas ao máximo. Temos que reforçar o fique em casa para que a gente tenha um resultado positivo. Queremos uma redução do R, ou seja, da velocidade de crescimento de casos naquela região. Menos casos graves, menos solicitações de UTI, preservando a saúde e a vida dos moradores tanto de Caruaru quanto de Bezerros”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

André Longo – Foto: Heudes Regis/SEI/Divulgação

A prefeitura de Caruaru afirmou que respeitará o decreto do governo de Pernambuco, mas ressaltou que não entende os critérios que estão sendo adotados para tomada de tais decisões. Além disso, segundo comunicado, a gestão municipal solicitou uma reunião com o governo estadual, mas a decisão sobre o “lockdown” veio de forma unilateral.

Siga RJ nas Redes Sociais