Presidente da República Jair Bolsonaro durante inauguração da transposição do Rio São Francisco em Penaforte - Foto: Alan Santos /PR
Política

Bolsonaro inaugura obras da transposição do Rio São Francisco

O evento de inauguração do trecho, entre Ceará e Pernambuco, não contou com a presença do governador Camilo Santana

O presidente Jair Bolsonaro esteve, nesta sexta-feira (26), em Penaforte, extremo sul do Ceará, na divisa com Pernambuco, para inaugurar obras da transposição do Rio São Francisco. Ele estava acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, da ministra da Agricultura, Tereza Cristina e dos deputados federais Domingos Filho e Eduardo Bolsonaro. Além disso, o presidente posou para fotos ao lado dos operários da obra de transposição do rio.

Essa, aliás, foi a primeira visita do presidente ao Ceará desde sua posse – Foto: Isac Nóbrega/PR
Bolsonaro ao lado da comitiva presidencial e de operários da transposição – Foto: Alan Santos /PR
Leia Mais

Luiz Fux é eleito presidente do STF e assume em setembro

Após 12 anos de obras, as águas do Velho Chico, que abastecem o reservatório Milagres, em Pernambuco, passam pelo túnel Milagres, na divisa de Pernambuco e Ceará, e chegam até o reservatório Jati, no Ceará. Aliás, a água desse novo percurso abastecerá, também, a Paraíba e o Rio Grande do Norte. Durante a cerimônia de inauguração do trecho, o presidente chegou a retirar a máscara em alguns momentos e causar focos de aglomeração.

O presidente chegou a tirar a máscara e causar aglomerações durante o evento – Foto: Isac Nóbrega/PR

Apesar do convite de Bolsonaro para o evento, o governador do Ceará, Camilo Santana, decidiu não comparecer à cerimônia. Aliás, essa foi a primeira visita do presidente da República ao Ceará, desde que tomou posse. Nas redes sociais, Camilo afirmou visitará a região somente após a pandemia do novo coronavírus.

View this post on Instagram

Hoje é um dia importante para o nosso Ceará: o dia da chegada das águas do Rio São Francisco, uma obra de imensa relevância para nosso estado. Que foi concebida e tocada no Governo Lula, com o apoio do ex-ministro Ciro Gomes, e continuada pelos Governos Dilma, Temer e, agora, Jair Bolsonaro. Agradecemos a todos pela contribuição para o desenvolvimento dessa obra histórica para o Nordeste, cujo andamento acompanhei de perto nos últimos seis anos, e muito lutei para sua realização. Minha homenagem aos milhares de operários, engenheiros e colaboradores que dedicaram todo o seu esforço em dias incansáveis de trabalho. Só após superarmos este grave momento de pandemia, que já atingiu mais de cem mil irmãos e irmãs cearenses, deverei voltar ao local da transposição, para ver de perto as águas do São Francisco já no nosso Cinturão das Águas, por onde seguirão para garantir segurança hídrica para a população cearense. (Foto de arquivo)

A post shared by Camilo S. Santana (@camilosantanaoficial) on

Com informações do portal BaladaIN.