Por enquanto, 70% do espaço está disponível para circulação — Foto: Francois Guillot/AFP
Malas Prontas

Louvre reabre parcialmente, mas ainda não é fácil ver a Mona Lisa

O maior e mais visitado museu do mundo reabre suas portas nesta segunda (6)

O Louvre, maior e mais visitado museu do mundo, volta a receber visitantes nesta segunda-feira (6), com 70% de seu espaço reaberto. Mas se engana quem acha que agora é possível admirar a “Mona Lisa” sem disputa. Mesmo com público reduzido em relação aos anos anteriores, chegar perto da obra-prima de Leonardo da Vinci ainda não será fácil.

Leia mais

Bruno pede desculpas a Flavia Viana após constrangê-la em live

Visitantes usando máscaras fazem fila em frente à “Mona Lisa” em 6 de julho de 2020, primeiro dia da reabertura do Museu do Louvre — Foto: Francois Guillot/AFP

A crise gerada pela pandemia da covid-19 resultou em “mais de 40 milhões em perdas” para o Louvre de acordo com Jean-Luc Martínez, presidente da instituição. “Perdemos 80% de nosso público. 75% de nossos visitantes são estrangeiros. Teremos no máximo entre 20% e 30% de nosso público do verão de 2019, entre 4.000 e 10.000 visitantes diários”, disse à imprensa na semana passada.

Leia mais

Morre a 1ª Miss Brasil, Martha Rocha, aos 84 anos

Pessoas usando máscaras visitam o Museu do Louvre em 6 de julho de 2020, primeiro dia de reabertura do museu — Foto: Francois Guillot/AFP

As reservas para visitação do museu abriram em 15 de junho pela internet, e essa é principal maneira de conseguir uma vaga para entrar no Louvre. Mas também é  permitido tentar a sorte presencialmente e ver se há horário livres. Em 24 de junho, o mais recente dado fornecido, havia 12.000 reservas, a maioria para julho.