O padre Edson Adélio Tagliaferro, da cidade de Artur Nogueira (SP), criticou Bolsonaro e seus eleitores — Foto: 1. Reprodução/YouTube ; 2. Marcelo Camargo/Agência Brasil
Acontece

Padre chama Bolsonaro de “bandido” durante homilia

O pároco disse ainda que quem votou no atual presidente "elegeu um bandido"

O padre Edson Adélio Tagliaferro, da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, na cidade de Artur Nogueira, interior de São Paulo, criticou duramente o presidente Jair Bolsonaro durante a homilia em vídeo que circulou nas redes sociais nesse domingo (5). “O padre não pode falar que o governo não presta porque o povo não quer ouvir isso?”, questiona Edson.

Leia mais

Louvre reabre parcialmente, mas ainda não é fácil ver a Mona Lisa

O pároco foi enfático em seu posicionamento político, afirmando que “Bolsonaro não vale nada” e que quem votou nele “elegeu um bandido”. O padre aponta, ainda, a quantidade de óbitos por Covid-19 no Brasil até o momento e o fato de o Ministério da Saúde não ter um titular desde a saída de Teich. Confira: