Dimas Covas é diretor do Instituto Butantan, o maior produtor de vacinas do Brasil — Foto: 1. Marcelo Camargo/Agência Brasil; 2. Divulgação
Acontece

Vacina pode estar pronta no final do ano, diz diretor do Butantan

Dimas Covas disse estar "otimista" quanto à eficácia da "CoronaVac", que começa a ser testada no Brasil ainda este mês

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, disse, nesta terça (7), acreditar que a vacina contra o novo coronavírus deve ser disponibilizada em breve. De acordo com ele, isso pode acontecer ainda no final deste ano ou no início de 2021. “Particularmente estou muito otimista em relação à disponibilização dessa vacina aqui pro Brasil no final desse ano, começo do ano que vem”, afirmou em entrevista à CBN.

Leia mais

Chega ao fim namoro de Manu Gavassi e Igor Carvalho

Dimas Covas — Foto: Divulgação

O Governo de São Paulo anunciou, nessa segunda (6), que vai iniciar os testes em humanos da vacina “CoronaVac” a partir de 20 de julho. Essa vacina, desenvolvida pela empresa Sinovac, empresa com sede na China. Para Covas, ela é uma das mais promissoras do mundo porque utiliza tecnologia já conhecida. “A fase 2 [de testes clínicos feitos na China] demonstrou a segurança e a eficácia da vacina. Após 14 dias da segunda vacinação, mais de 90% das pessoas vacinadas desenvolveram proteção. Então é uma vacina que tem um perfil de proteção elevado”, explicou.