Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Política

Presidente do Banco do Brasil renuncia ao cargo

Rubens Novaes deixa o banco a partir de agosto, sem data a ser definida.

Em comunicado oficial, o Banco do Brasil, anunciou na noite desta sexta-feira (24), a renuncia do então presidente da instituição. Rubens de Freitas Novaes, entregou seu pedido de demissão ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da economia, Paulo Guedes. A resolução tem vigência a partir de agosto, em data que será definida e comunicada ao mercado posteriormente.

Foto: Adriano Machado/Agência Reuters

LEIA MAIS

Twitter suspende perfis de apoiadores de Bolsonaro

De acordo com a nota enviada pelo BB para a Comissão de Valores Mobiliários, Novaes não deixa claro os motivos por trás da decisão. No documento, ele apenas afirma que “a companhia precisa de renovação para enfrentar os momentos futuros de muitas inovações no sistema bancário”.

Rubens Novaes foi indicado ao cargo de liderança no Banco do Brasil pelo ministro Paulo Guedes e ocupa a posição desde o início do governo Bolsonaro. Forte defensor da privatização da instituição, o executivo, igualmente a Guedes, é adepto do pensamento liberal da Universidade de Chicago (EUA).

Siga RJ nas Redes Sociais