Apple - Foto: Shutterstock/Reprodução
Acontece

Apple volta ao pódio de empresa mais valiosa do mundo

Após divulgação de resultado trimestral, ações da empresa atingiram recorde.

As ações da Apple, multinacional de tecnologia norte-americana, bateram recorde de resultados nesta sexta-feira (31). Após a divulgação de rendimentos trimestrais surpreendentes, a empresa conseguiu ultrapassar a petrolífera Saudi Aramco como a companhia de capital aberto mais valiosa do mundo. O valor de mercado da Apple subiu US$ 174,6 bilhões (cerca de R$ 911 bilhões), após valorização de 10,47% na bolsa de valores norte-americana NASDAQ.

A Apple conquista novamente o pódio de empresa mais valiosa do mundo. – Foto: Christof Stache / AFP

LEIA MAIS

Latam anuncia que vai dar início a demissão de 2.700 funcionários

Após pressão dos EUA, Microsoft revela intenção de comprar Tiktok

De acordo com dados da Refinitiv, a Saudi Aramco, foi a empresa mais valiosa desde a listagem no ano passado, onde tinha valor de mercado de US$ 1,760 trilhão (R$ 9,4 trilhões). Após a alta de resultados divulgados, a Apple passa a acumular valorização de cerca de 40% no ano. Os papéis da companhia superaram, pela primeira vez, a marca de US$ 400 e encerraram o pregão avaliados em US$ 425,04. Desta forma, a cotação recorde atribuiu à Apple o valor de mercado de US$ 1,842 trilhão (R$ 9,61 trilhões).

Segundo análises de especialistas, caso mantenha a tendência, a companhia pode ser a primeira a atingir uma capitalização de US$ 2 trilhões. Em entrevista à agência Reuters, o CEO da Apple, Tim Cook, revelou que  o alto desempenho foi impulsionado por um aumento significativo nas vendas de Macs e iPads. Contudo, o bom resultado também leva em conta as vendas do iPhone SE, que custa US$ 399 (R$ 2.059) nos EUA, sendo considerado o aparelho mais barato dentre os lançamentos recentes da multinacional. Após a pandemia, a Apple teve que fechar suas lojas físicas, mas registrou grande aumento de compras online.