Política

Bolsonaro veta indenização para profissionais da saúde com Covid

Jair Bolsonaro Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo
O projeto vetado previa indenização de R$ 50 mil aos trabalhadores da área incapacitados pelo novo coronavírus.

O presidente Jair Bolsonaro, vetou integralmente o Projeto de Lei 1.826/2020. que previa indenizar profissionais da saúde incapacitados por contrair a covid-19 no exercício do trabalho. A medida, divulgada pela Secretaria-Geral da Presidência, deve ser publicada no Diário Oficial desta terça-feira (04). O benefício seria pago pela União no valor de R$ 50 mil.

O presidente Jair Bolsonaro tem vetado projetos de auxílio econômico durante pandemia. – Foto: Pedro Ladeira/Folhapress/Reprodução

LEIA MAIS

Estabelecimentos de PE já recebem o selo Turismo Seguro

O projeto havia sido aprovada pelo Congresso Nacional em julho. O texto também incluía o pagamento do mesmo valor a dependentes de profissionais da saúde que morreram em decorrência da covid-19. Além dos trabalhadores do SUS (Sistema Único de Saúde), a medida beneficiaria agentes comunitários de saúde incapacitados permanentemente por terem realizado visitas domiciliares durante a pandemia.

Em divulgação do veto, a Secretaria-Geral afirmou que existem “obstáculos jurídicos que o impedem [o projeto] de ser sancionado”, embora tenha destacado o “mérito” e “boa intenção” da iniciativa. O veto inviabiliza a medida devido a três fatores: a inconstitucionalidade formal do projeto, pois caberia ao presidente a criação de benefícios a servidores, e não ao Congresso; a falta de estimativa do impacto financeiro das indenizações, o que pode imputar em crime de responsabilidade fiscal, e o texto do artigo 8 da Lei Complementar 173, que proíbe a criação de benefícios indenizatórios para agentes públicos, bem como “despesa continuada em período de calamidade”.

Outro projeto relacionado à pandemia já havia sido barrado por Bolsonaro na última quarta (29). A PL que permitia a pais ou mães solteiros receber duas cotas do auxílio emergencial foi desautorizada. A justificativa também foi a falta de projeção do impacto da medida nos cofres públicos.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz