Política

Câmara do Rio rejeita abertura de impeachment contra Crivella

Marcelo Crivella - Foto: Brenno Carvalho/O Globo
Por 25 votos a 23, a denúncia contra o prefeito do Rio de Janeiro foi arquivada

Por 25 votos a 23, a Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro decidiu barrar o processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) nesta quinta-feira (3). Após quase 4 horas de discussões em uma sessão semipresencial, a denúncia foi arquivada.

Sessão da votação do processo de Crivella ocorreu com vereadores votando de casa e presencialmente
Sessão da votação do processo de Crivella ocorreu com vereadores votando de casa e presencialmente – Foto: Gabriel Barreira/G1 Rio

LEIA MAIS

Magazine Luiza aposta em delivery de comida ao adquirir AiQFome

Apresentado pela bancada do PSOL, o processo contra o prefeito foi motivado pela denúncia de que servidores comissionados atuavam para impedir o trabalho de jornalistas e demandas da população em unidades de saúde do Rio. Segundo revelou reportagem da TV Globo, a ação seria coordenada por meio de grupos em aplicativos de mensagens —o maior deles batizado de “Guardiões do Crivella”.

Este foi o quarto pedido de impeachment votado contra o prefeito, tendo um sido aceito, e dois, rejeitados. Apesar da rejeição, Crivella ainda pode ser investigado por uma CPI na Câmara dos Vereadores por esse esquema.