Política

Conheça Kamala Harris, primeira vice-presidente negra dos EUA

Kamala Harris - Foto: Reprodução

Protagonizando uma das mais acirradas e importantes eleições presidenciais da história dos Estados Unidos, Joe Biden se elegeu batendo recordes como o presidente mais votado do país. Até o momento desta publicação, ele já conta com mais de 74,8 milhões de votos populares, quebrando a marca anterior de ex-presidente Barack Obama (69,4 milhões).

Entretanto, a vitória de sua candidatura também conquista outro precedente histórico igualmente considerável. Kamala Harris alcança o feito de ser eleita a primeira vice-presidente negra de ascendência asiática da história do país.

Foto: SAUL LOEB / AFP

LEIA MAIS

Joe Biden é eleito o novo presidente dos Estados Unidos

Filha de mãe indiana e pai jamaicano, a advogada nasceu em Oakland, no Estado da Califórnia, em 20 de outubro de 1965 e tem dois cursos acadêmicos no currículo: se formou como bacharel em artes pela Universidade de Howard e em direito pela Faculdade de Direito Hastings, da Universidade da Califórnia. Foi nomeada em 2004 como procuradora-geral da cidade de São Francisco, e, oito anos depois, se tornou a primeira mulher a ocupar o mesmo cargo no Estado, se reelegendo em 2014.

Biden convidou a senadora pela Califórnia para ser sua companheira de chapa em 11 de agosto, sendo considerada por assessores próximos ao democrata a escolha mais óbvia entre as várias políticas negras que foram cotadas e entrevistadas para ocupar a vaga. Com a sua chegada ao cargo, a candidata progressista promete dar direitos civis a imigrantes que chegaram ainda crianças ao país. Além de apoiar o direito das mulheres ao aborto, ela defende que os cidadãos mais pobres tenham direito a um serviço de saúde gratuito e  quer renovar toda a estrutura para priorizar a eficiência energética, modernizando a rede elétrica, eliminando as emissões de gases do efeito estufa em apenas dez anos.

Joe Biden e Kamala Harris durante comício do partido democrata – Foto: Reprodução/ABC

Desde maio, os EUA vivem uma onda de protestos antirracistas e contra a violência policial, liderados pelo movimento “Black Lives Matter” (“vidas negras importam”, em tradução livre do inglês). O estopim foi o caso de George Floyd, um ex-segurança negro que foi morto durante uma abordagem policial. O ato de violência institucionalizada levou centenas de milhares de pessoas às ruas em favor da justiça e por um fim a escalada de mortes negras que ocorrem no país.

Durante a Convenção Nacional Democrata, Harris salientou em seu discurso a necessidade de o país ser mais inclusivo, em direção contrária à seguida por Donald Trump em seus quatro anos de governo.

“Estou aqui como testemunha da dedicação de gerações que me antecederam. Mulheres e homens que acreditaram corajosamente na promessa de igualdade, liberdade e justiça para todos. E há outra mulher, com nome desconhecido, cuja história não é compartilhada, outra mulher por quem eu me levanto. A minha mãe, Shyamala Gopalan Harris. Ela veio da Índia aos 19 anos para seguir o sonho de encontrar uma cura para o câncer. Na Universidade da Califórnia, conheceu meu pai, Donald Harris, que veio da Jamaica estudar economia. Apaixonaram-se no modo mais americano e lutaram juntos na marcha pelos direitos civis dos anos 1960. Ela nos ensinou a ver um mundo para além de nós mesmos. Nos ensinou a sermos conscienciosos e compassivos com as lutas de todas as pessoas, acreditando que o serviço público é uma causa nobre”, comentou.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz