Política

Advogado-geral da União pede demissão e deixa governo Bolsonaro

José Levi deixa o cargo de AGU - Foto: Reprodução/Carta Capital
José Levi foi o terceiro nome a deixar o governo Bolsonaro nesta segunda (29)

O advogado-geral da União, José Levi Mello do Amaral Júnior, pediu exoneração do cargo de ministro nesta segunda-feira (29). Em documento divulgado, José Levi diz ao presidente que pede exoneração “com o meu mais elevado agradecimento pela oportunidade”.

Segundo noticiou o CNN Brasil, um dos motivos para saída foi a ADI assinada pelo presidente da República, sem representação da Advocacia-Geral da União (AGU), para que o Supremo Tribunal Federal (STF) barrasse lockdowns nos estados.

Levi é o 3º integrante da Esplanada a deixar o governo nesta segunda (29). A hipótese mais forte é de que ele seja substituído por André Mendonça, atual ministro da Justiça.

Levi comanda a AGU desde 2020, quando André Mendonça foi deslocado para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Antes, José Levi foi procurador-geral da Fazenda Nacional. A sua nomeação para a advocacia-geral foi atribuída ao ministro da Economia, Paulo Guedes

 

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz