Acontece

Morre prefeito de SP, Bruno Covas, aos 41 anos, vítima de câncer

Morre prefeito de SP, Bruno Covas - Foto: Reprodução
Após velório, corpo do prefeito foi levado em cortejo pelas ruas de SP

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu às 8h20 deste domingo (16), aos 41 anos, vítima de câncer. Desde 2019, Covas enfrentava a doença, inicialmente descoberta no trato digestivo, mas que se espalhou para o fígado e para os ossos. Ele deixa o filho Tomás, de 15 anos.

O velório aconteceu na tarde deste domingo (16) na sede da Prefeitura de São Paulo, no Viaduto do Chá, na região central da cidade, onde Covas exercia o cargo de chefe do Executivo municipal.

Corpo de Covas é velado na prefeitura de SP – Foto: G1Foto: Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo

O corpo do prefeito chegou ao Edifício Matarazzo às 13h13 e foi levado ao hall monumental do 3º andar, onde ocorreu uma homenagem de familiares e amigos mais próximos. Na chegada do cortejo, o corpo foi aplaudido pelas pessoas que estavam no local.

Durante a missa celebrada pelo padre Rosalvino, Tomás foi abraçado por Gustavo Pires, assessor especial de Covas e amigo. Tomás usava a camiseta dos Tucanáticos em homenagem à juventude do PSDB. O ex-vereador Mário Covas Neto, tio de Bruno, participou da cerimônia com a leitura de trechos da missa. A mãe de Covas, Renata Covas Lopes, seu pai Pedro Mauro Lopes, e seu irmão, Gustavo Costa Lopes, acompanharam a cerimônia. O governador João Doria e sua mulher, Bia, também estiveram presentes, além do atual prefeito Ricardo Nunes (MDB). A cerimônia durou cerca de 50 minutos.

Tómas Covas, filho do prefeito Bruno Covas – Foto: G1 ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Prefeito Ricardo Nunes durante o velório de Covas — Foto: G1/ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚD

Após a cerimônia, a urna com o corpo do político seguiu em cortejo em caminhão aberto do Corpo de Bombeiros. Emocionado, Tomás ajudou a carregar o caixão até o carro.

Corpo do prefeito Bruno Covas é levado em cortejo sobre carro de bombeiros – Foto: G1Miguel Schincariol/AFP
Pessoas na porta da entrada principal da Prefeitura de SP — Foto: g1/ Renato Cerqueira/Estadão Conteúdo O tucano foi sepultado no jazigo da família, onde seu avô, Mário Covas, foi enterrado há 20 anos após morrer em decorrência da mesma doença.

O enterro, também restrito à família, foi no Cemitério do Paquetá, em Santos, onde foi sepultado o corpo de Mário Covas, ex-governador de São Paulo e avô de Bruno que também morreu em decorrência de um câncer, em 2001.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz