Acontece

Brad Pitt ganha direito da guarda compartilhada dos filhos

Brad Pitt ganha guarda compartilhada dos filhos - Foto: Getty Images
Segundo o site americano Page Six, o juiz John Ouderkirk, contratado pelo ex-casal para supervisionar o caso, decidiu conceder o direito ao ator após meses de depoimentos de testemunhas

Brad Pitt ganhou o direito da guarda conjunta dos filhos com Angelina Jolie . De acordo com o site americano Page Six, o juiz John Ouderkirk, contratado pelo ex-casal para supervisionar o caso, decidiu conceder o direito ao ator após meses de depoimentos de testemunhas, incluindo os filhos de Angelina e Brad, que foram entrevistados por assistentes sociais.

A decisão vale para cinco dois seis filhos do casal, que são menores de idade: Pax, de 17 anos; Zahara, de 16 anos, Shiloh, de 14 anos; e os gêmeos Vivienne e Knox, de 12. O mais velho, Maddox, tem 19, e, por ser maior de idade, não está incluso no processo.

“Houve uma mudança significativa nos acordos de custódia com base em uma decisão extremamente detalhada do juiz. Brad estava apenas tentando passar mais tempo com os filhos, e ficou claro que Angelina fez todo o possível para evitar isso”, disse uma fonte ao Page Six.

Foto: Getty Images

Entretanto, outra fonte teria dito que a decisão é “provisória” e que Jolie não se opõe à guarda conjunta e sim a “outras questões preocupantes”.

Nesta quarta-feira (26), a agência de notícias AP noticiou que Angelina acusou Ouderkirk de não lhe garantir um julgamento justo por não permitir que Pax, Zahara e Shiloh testemunhem no tribunal – a Califórnia autoriza adolescentes com 14 anos ou mais a compartilharem seus relatos em audiências caso sintam-se à vontade para isso.

Segundo a equipe de advogados de Jolie, os filhos dela poderiam fornecer “evidências críticas” para o processo. Ao se divorciar de Pitt em 2016, a estrela já havia demonstrado preocupação com Maddox, apontando que o ex-marido havia sido abusivo com o adolescente de então 15 anos durante um voo privado da França para Los Angeles

Foto: Getty Images

Em 2020, a Justiça também negou a Jolie o pedido para que Ouderkirk fosse substituído no caso; na época, a atriz defendeu que ele teria um “relacionamento atual, contínuo e recorrente” com a equipe de advogados do seu ex-marido. Em documentos judiciais, o juiz afirmou: “A objeção ao meu contínuo serviço não muda minha capacidade de ver e avaliar objetivamente as evidências apresentadas por ambos os lados e aplicar a lei de forma imparcial”.

Brad com os filhos – Foto: Getty Images

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz