Acontece

Anvisa recebe pedido de uso da vacina da Sinopharm

Foto: Tingshu Wang/Reuters
Imunizante não teve testes conduzidos no Brasil

O laboratório chinês Sinopharm solicitou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o uso emergencial de sua vacina contra a Covid-19. O pedido foi feito nesta segunda (26) e ainda não há contrato firmado com o Ministério da Saúde. Em maio, o imunizante foi aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Também aplicada em duas doses, a vacina da Sinopharm é produzida a partir de um vírus inativado, sendo recomendada apenas para o público adulto.

De acordo com a Anvisa, mesmo sem estudos clínicos conduzidos no Brasil, não há impedimento para a submissão do pedido de autorização de uso emergencial ou registro da entidade. “As pesquisas foram desenvolvidas em países como Argentina, Peru, Emirados Árabes, Egito e China”, explicou em nota.

O protocolo da Anvisa condiciona as primeiras 24 horas após o pedido a serem utilizadas para triagem do processo e verificação da disponibilidade dos documentos necessários, podendo a agência solicitar os dados adicionais ao laboratório. O prazo de análise do pedido varia de sete a 30 dias.

Segundo a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 475/2021, são necessários sete dias quando o desenvolvimento clínico da vacina for no Brasil ou quando o relatório ou parecer técnico emitido pela autoridade sanitária estrangeira for capaz de comprovar os padrões de qualidade, eficácia e segurança do medicamento.

Com informações da ANSA.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz