Acontece

Covid: PE reduz intervalo e idade mínima para dose de reforço

Vacinação de idosos no Recife - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco
Agora, idosos a partir dos 55 anos e trabalhadores da saúde poderão tomar terceira dose com 120 dias

O Governo de Pernambuco deu mais um passo em direção à máxima imunização contra a Covid-19. Nesta segunda-feira (8), após análise do Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), autorizou as reduções do intervalo e idade mínima para aplicação de dose de reforço. A partir de agora, além dos trabalhadores da saúde, todos com mais de 55 anos podem tomar a dose de reforço.

Agora, pessoas com mais de 55 anos já podem receber a dose de reforço – Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Além disso, a terceira dose da vacina contra a Covid-19 passa a ser aplicada quatro meses (120 dias) após o encerramento do esquema com duas doses, ou com a vacina de dose única. Anteriormente, o tempo de espera era de seis meses (180 dias). Ainda assim, para os imunossuprimidos, continua valendo o intervalo de 28 dias de intervalo depois da segunda dose ou única.

Leia Mais

Recife recebe título de Cidade Criativa da Unesco

“Hoje, nosso foco é avançar na segunda dose e, especialmente, na dose de reforço dessas populações mais vulneráveis. É importante avançarmos para termos o maior número possível de pessoas protegidas. Estamos acompanhando com muita atenção o recrudescimento dos casos da Covid-19 em alguns países da Europa. E, se quisermos evitar o mesmo por aqui, precisamos, fundamentalmente, garantir maiores percentuais de cobertura vacinal”, destacou o secretário estadual de saúde, André Longo.

André Longo – Foto: Reprodução

No encontro com os gestores municipais, Longo ainda destacou a importância da busca ativa para a segunda dose daqueles que iniciaram seus esquemas vacinais para garantir a proteção efetiva. Além disso, durante a reunião online, ele enfatizou que Pernambuco ainda precisa ampliar o número de pessoas protegidas. Ainda assim, vale ressaltar, o Estado está entre os dez com maiores percentual de cobertura vacinal. “Precisamos de prioridade absoluta para campanha de vacinação. Não é hora de desmobilizar equipes de imunização. É imprescindível que os gestores mantenham isso no radar e não diminuam suas estratégias, pois o que estamos fazendo agora terá o impacto decisivo para superarmos a pandemia”, concluiu André Longo.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz