Ópera de Arame - Foto: Wikimedia Commons
Malas Prontas

Confira 10 lugares imperdíveis em Curitiba

A cidade é uma ótima opção para os que querem descansar e curtir atrações diferentes

Com informações da revista Casa e Jardim

Pensando em mudar de ares mas permanecer dentro do país? Curitiba, a capital do Paraná, traz inúmeras opções para você se divertir, apreciar a arte local e até descansar.  Uma cidade para ser conhecida o ano todo, ela foi colonizada por italianos e portugueses e tem muito à oferecer.

Confira 10 lugares que você não pode deixar de ir:

1. Museu Oscar Niemeyer

Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o museu abriga produções nacionais e internacionis, como peças de oão Turin, Theodoro De Bona, Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, Tomie Ohtake, Andy Warhol, Di Cavalcanti, entre outros. Ele foi oi inaugurado em 1978 e abriga aproximadamente 7 mil obras nas áreas de artes visuais, arquitetura e design.

Museu Oscar Niemeyer – Foto: Wikimedia Commons

2. Unilivre

Loclizad no Bosque Zaninelli a Universidade Livre do Meio Ambiente é uma sociedade civil sem fins lucrativos destinada ao conhecimento sobre meio ambiente e ecologia. Ela possui 37 mil metros quadrados de mata nativa, espécies de aves e animais, além de um lago com peixes. Com um passeio não muito longo, é uma otima opção para os que querem relaxar e aproveitar a natureza.

Unilivre – Foto: Reprodução/Site UNILIVRE

3. Parque Barigui
Para conhecer as capivaraas da cidade o destino é um só: o Parque Barigui. O nome tem origem indígena e significa “rio do fruto espinhoso” em referência às pinhas das araucárias nativas, as quais estão em abundância no local. O Barigui faz parte de uma política municipal de preservação do meio ambiente, como os demais parques da cidade.  Além do descanso, o lugar propõe uma trilha, pista de corrida, churrasqueiras e ciclovia. É uma ótima programação para a família.

Parque Barigui – Foto: Wikimedia Commons

4. Cine Passeio
Construído para relembrar os tradicionais cinemas de rua da cidade, o Cine Passeio foi Inaugurado em 27 de março de 2019. Para os interessados na produção audiovisual, o complexo abriga uma área para oficinas destinada ao público. O Cine tam uma peculiaridade: um cinema a céu aberto, no terraço do edifício, que funciona como área para eventos.

Cine Passeio – Foto: Reprodução/curitiba.gov

5. Ópera de Arame
A Ópera de Arame é um teatro diferente, feito a partir de tubos de aço, estruturas metálicas e placas transparentes de policarbonato. A construção, cercada por um lago artificial, tem uma capacidade de mil espectadores e foi inaugurado em 1992 com a peça “O Sonho de Uma Noite de Verão”.

Ópera de Arame – Foto: Wikimedia Commons

6. Jardim Botânico
Inspirado no Palácio de Cristal de Londres do século 19, o Jardim Botânico consiste em um enorme estufa de vidro que abriga uma grande diversidade da flora nacional e internacional. O local estufa é climatizado e foi fundaoa com a finalidade criar um local de estudo, pesquisa e documentação do patrimônio florístico do país.

Jardim Botânico de Curitiba – Foto: Wikimedia Commons

7. Torre Panorâmica
Também conhecida como “Torre da Telepar”, a Panorâmica é uma torre de comunicações com um observatório aberto ao público. O tradicional mirante da cidade possui 109 metros de altura e um deck de 360º de visão da cidade.

Torre Panorâmica – Foto: Reprodução/feriasbrasil

8. Praça do Japão
Construída em 1962 para homenagear os imigrantes japoneses, a Praça do Japão, localizada no bairro do Batel, foi construída em abriga 30 cerejeiras enviadas pelo império nipônico, além de seis lagos artificiais construídos nos moldes japoneses.  Outra doação enviada ao Brasil é uma lanterna esculpida em pedra, símbolo tradicional dos jardins do Japão. Lá também é possível encontrar o Memorial da Imigração Japonesa, que promove eventos temáticos regularmente.

Praça do Japão – Foto: Reprodução/flickr

9. Feira do Largo da Ordem
Ideal para quem gosta de antiguidades, artesanato e gastronomia a Feira do Largo da Ordem acontece aos domingos no centro da cidade. No local, é possível encontrar desde comidas típicas como o pierogi, o barreado, os tradicionais pastéis e caldo de cana até produtos como roupas, velas, sabonetes e  itens de decoração feitos manualmente.

Feira do Largo da Ordem – Foto: Reprodução/gazetadopovo

10. Bosque do Alemão
O Bosque do Alemão é um jardim divido em mirante, bosque, biblioteca e uma trilha. Nesse bosque, uma trilha que leva até a “casa da bruxa”, é o que mais chama atenção. No caminho, é contada a história de “João e Maria”, dos irmãos Grimm, através de painéis de azulejo.

Bosque do Alemão –
Foto: Reprodução/atlanticahostels

 

RET VW Agosto

Siga RJ nas Redes Sociais