Turnê Vesúvio - Foto: Gil Alves/Divulgação
Acontece

Djavan declarou o seu carinho pelo Recife no Classic Hall

O cantor alagoano subiu ao palco do Classic Hall, sábado (25), com a sua mais nova turnê

O Recife, que já foi a casa de Djavan no começo dos anos 1970, recebeu grande presente do cantor alagoano sábado (25), quando ele trouxe pela primeira vez a sua turnê “Vesúvio” ao palco do Classic Hall. A casa, aliás, estava lotado para assistir à apresentação. O espetáculo é do 24º álbum de sua carreira e reúne novos e antigos hits do músico.

Classic Hall lotado no show de Djavan – Foto: Gil Alves/Divulgação

“Viver é dever”, do novo disco, foi a escolhida para dar start à apresentação. Djavan divertiu-se no palco, principalmente com a essência pop de “Vesúvio”.  Nas faixas mais dançantes, era possível vê-lo arriscando um passo e outro. Naquelas canções mais intimistas, ele embalava o público na voz e no violão.

RET Davinci
Foto: Gil Alves/Divulgação

O show foi composto por mais de 20 músicas, incluindo seis das 13 faixas do disco lançado em 2018, como “Solitude”, “Vesúvio”, “Cedo ou Tarde” e “Viver é dever”. No setlist, não ficaram de fora clássicos como “Se”, “Te devoro”, “Oceano”, “Samurai” e “Sina”. Durante todo o show, o público acompanhou em coro.

Foto: Gil Alves/Divulgação

Na apresentação, Djavan apresentou a banda composta por velhos companheiros, o guitarrista João Castilho e os pianistas Paulo Calasans e Renato Fonseca, e dois músicos novos, o baixista Arthur de Palla e o baterista Felipe Alves. O próprio compositor assinou a direção do espetáculo, que tem cenário de Suzane Queiroz, projeto de luz de Binho Schaefer e figurino de Roberta Stamato.

SBD Da Vinci