O presidente da República, Jair Bolsonaro - Foto: DIvulgação
Acontece

Bolsonaro diz que vai rever taxa de acesso a Noronha

O presidente disse que vai rever a cobrança da taxa

Jair Bolsonaro disse, neste sábado (13), que a taxa cobrada para frequentar as praias de Fernando de Noronha é um roubo praticado pelo Governo Federal e que vai rever a cobrança. A declaração foi dada através de um vídeo publicado pelo presidente que mostra a praia do Sancho, tida como uma das mais bonitas do mundo. O site Roberta Jungmann entrou em contato com a administração da ilha, que informou não se pronunciar sobre o caso por se tratar de uma decisão federal.

A praia do Sancho, em Noronha, é considerada a melhor praia do mundo – Foto: Divulgação

No post, apresentou os valores cobrados para turistas brasileiros e estrangeiros, R$ 106 e R$ 210, respectivamente, válidos para dez dias. “Isso explica porque quase inexiste turismo no Brasil”, disse. No vídeo, um homem diz que a praia ficava vazia mesmo quando chegava ao limite permitido de turistas. “Vamos rever isso”, afirmou o presidente. Bolsonaro também pediu que práticas semelhantes em outros locais fossem denunciadas.

RET VW Agosto

– R$ 106,00 para frequentar uma praia em Fernando de Noronha.- Para turista estrangeiro R$ 212,00.- Isso explica porque quase inexiste turismo no Brasil.- Isso é um roubo praticado pelo GOVERNO FEDERAL (o meu Governo).- Vamos rever isso.- Denuncie práticas porventura semelhantes em outros locais.

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Saturday, July 13, 2019

Bolsonaro já havia afirmado que pretende ampliar a visitação turística em unidades de conservação do país. Em fevereiro, o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Adalberto Eberhard, exonerou o chefe do Parque Nacional Marinho do arquipélago, Felilpe Mendonça. Ao longo de 2018, Mendonça criticou o aumento vertiginoso no número de turistas em Fernando de Noronha, assim como a concessão de alvarás pelo governo de Pernambuco para a ampliação de pousadas.

Leia Mais

Eduardo Bolsonaro pode ser nomeado embaixador do Brasil nos EUA

O arquipélago registrou novo recorde de visitantes no ano passado, chegando a 103 mil pessoas. Até 2013, o número não havia ultrapassado da casa dos 60 mil. O estudo de capacidade de carga do parque feito em 2009 aponta como limite máximo de turistas no arquipélago de 89 mil por ano. O governo de Pernambuco, contudo, vem ampliando ano a ano a autorização de voos diários a Noronha.

*Com informações da Folhapress

SBD VW Agosto

Siga RJ nas Redes Sociais