Os ingressos do primeiro dia serão revertidos para o centro cultural de Lia de Itamaracá - Foto: Ed Machado
Acontece

Lia de Itamaracá é homenageada em exposição fotográfica

Após a abertura, nesta sexta (11), as imagens ficam expostas até o fim do Carnaval

Celebrando os 75 anos a cirandeira Lia de Itamaracá, completados neste sábado (12), o Espaço Sinspire Hub, na Rua da Guia, no Recife Antigo, recebe uma exposição fotográfica com belíssimas imagens da artista, o abre será nesta sexta-feira (11), às 17h. Com curadoria de Gustavo Bettini, as imagens escolhidas para a mostra são do editor assistente de fotografia da Folha de Pernambuco, Alfeu Tavares. Os cliques foram feitos na Ilha de Itamaracá, na praia de Jaguaribe. Trata-se de uma série premiada de dez fotografias tiradas em agosto de 2016.

Para as imagens, o fotógrafo Alfeu Tavares diz que buscou referências na orixá Iemanjá e nas ondas da praia – Foto: Ed Machado

Apesar de terem se tornado famosas, as fotos nunca foram expostas anteriormente. Na visita, será possível ter experiências sensoriais e sentir um pouquinho do lugar onde a cirandeira mora. “O tamanho das fotos expostas foi pensado para que o expectador possa “dançar como numa ciranda”, pois tem fotos pequenas e grandes, então o expectador precisa ir para frente, chegar mais próximo, para ver as menores e ir para trás para poder ver as maiores, como numa ciranda e como as ondas do mar. Também, quem visitar vai poder ter uma experiência sensorial: tem cascalhos, areia da praia de Jaguaribe, no chão onde as fotos estão expostas, assim quem quiser vai poder tirar os sapatos e sentir a areia nos pés enquanto olha as fotos”, explica Alfeu.

Uma das imagens em exposição na mostra- Foto: Alfeu Tavares

A ideia é que, do Recife, as fotos sejam levadas para outros locais, como São Paulo e Rio de Janeiro, e ao final sejam doadas ao Centro Cultural Estrela de Lia, onde devem ficar em exposição permanente. Ainda nesta sexta, será lançado o livro “Lia de Itamaracá: 75 anos cirandando com resistência, sorrisos e simplicidade”, com textos extraídos do livro-reportagem “O mito, a mulher, a ciranda”, do jornalista pernambucano Marcelo Henrique Andrade.

Ícone – Superbanner 728×90

Siga RJ nas Redes Sociais