Acontece

Elza Soares celebra 90 anos com revelações sobre vida e carreira

Elza Soares - Foto: Patrícia Lino/Divulgação.
Cantora segue com intensa produção durante a quarentena.

A cantora Elza Soares chegou aos 90 anos de idade com grandes histórias, muito talento e canções que fazem parte da música brasileira. A data de aniversário, inclusive, carrega consigo uma curiosidade que faz o dia ser celebrado duas vezes ao ano.

Um deles é nesta quarta-feira, 22 de julho, data informada em sua carteira de identidade. O outro foi há um mês, em 23 de junho, dia que aparece na certidão quando foi emancipada. Para ela, no entanto, essa diferença pouco importa.

Em entrevista ao podcast “G1 Ouviu”, Elza falou sobre trabalho, vida na quarentena e combate ao racismo. Durante os dias de isolamento, aliás, ela segue produzindo com intensidade. Nesta sexta-feira (24), inclusive, vai lançar a inédita “Negão Negra”, fruto da parceria com o cantor e compositor Flávio Renegado.

Cantora falou sobre desigualdade e combate ao racismo – Foto: Marcos Hermes/Divulgação
Leia mais

Campanha inspirada em Taís Araujo une mulheres negras pelo país

“Eu acompanho o tempo, eu não estou quadrada, não tem essa de ficar paradinha aqui não. O negócio é caminhar. Eu caminho sempre junto com o tempo.”, comentou a artista no auge da nova idade recém-completada.

Durante a conversa, a cantora também analisou a desigualdade social existente no país. O tema, aliás, é recorrente em suas canções.”Vim do planeta fome e continuo no planeta fome. É um país desigual, é uma coisa horrível, a gente vive nisso”, comentou. Nesse momento, aliás, Elza relembrou o episódio em que foi constrangida por Ary Barroso no programa de calouros que participou nos anos 50 devido às roupas simples e aparência então pouco cuidada.

“O que foi que você veio fazer aqui?”, perguntou Barroso na ocasião. Elza respondeu: “Cantar.” O apresentador continuou: “E de que planeta você vem mesmo?”. Aos 13 anos de idade, com um filho recém-nascido para criar, a então menina respondeu, calando os risos da plateia e do comunicador: “Venho do mesmo planeta do senhor. O Planeta Fome”.

Elza Soares passa quarentena no apartamento de Copacabana — Foto: Divulgação/Pedro Loureiro
Elza passa quarentena no apartamento de Copacabana – Foto: Divulgação/Pedro Loureiro.
Leia mais

Livro Negra Sou retrata mulheres negras em profissões de destaque

Na conversa transmitida pelo podcast, Elza, aliás, também falou sobre a diferença que enxerga nas reações contra as abordagens policiais violentas diante de pessoas negras no Brasil e nos Estados Unidos. “O povo aqui não está nem aí. É mais um que vai embora. Lá não, eles protestam, é bonito, é forte. Acho que lá está certo”, disse, ao lembar os atos antirracistas que eclodiram no país norte-americano após a morte de George Floyd. “Tem que gritar mesmo tem, tem que falar, tem que botar a boca no trombone, tem que gritar”, enfatizou.

Ainda mantendo a esperança no futuro, a artista contou, aliás, o que é preciso para seguir na vida: “Fé e amor. Você tendo fé, você tem tudo. Você tendo amor, você não precisa de mais nada”. E, como era de se esperar, revelou que a única certeza que tem no amanhã é que não pretende parar de cantar. “Nem de brincadeira. Parar por quê? Por que parar? Não tem porque, né?!”, contou.

Dünyaya açılmak için hala neden bekliyorsunuz?

Türk takipçi

Günümüz de en önde giden sosyal medya platformlarından olan instagram ile günümüzün uzun bir süresini geçiriyoruz tabiki bu durumda ise birşeyler paylaştığımız vakit beğenilmek istiyoruz. yüzler ce binlerce takipçisi olan arkadaşlarınızdan yada rakip iş yeri sahiplerinizden önde olmak istemezmisiniz? eğer bunları düşünüyor ve siz de sosyal medya da satış yaparak para kazanmak istiyorsanız sizi https://instagramaktiftakipci.com/turktakipci/ bekliyoruz