Kanye West — Foto: AFP/Montagem
Acontece

Kanye West confirma que vai concorrer à presidência dos EUA

O rapper decidiu retirar seu apoio a Trump e entrar na disputa pelo comando da Casa Branca

Muita gente pensou que era blefe quando Kany West anunciou, no sábado (4), sua candidatura a presidente dos Estados Unidos. Mas o rapper confirmou a novidade inusitada nessa quarta (8), em entrevista à Forbes. “Como qualquer coisa que já fiz na minha vida, estou fazendo isso para vencer”, garantiu.

Kanye, que apoiou a eleição de Donald Trump, agora diz ter rompido com o atual presidente. “Com esta entrevista, estou tirando o boné vermelho”, afirmou. Ele explicou que ficou ao lado do candidato republicano porque, em sua visão, ele era o único a “incluir Deus na pauta política”.

Kanye West apoiou a eleição de Trump em 2016 — Foto: Timothy A. Clary/AFP
Leia mais

Globo buscará modelos pelo Brasil para “Verdades Secretas 2”

Para disputar o comando da Casa Branca, ele disse que terá a orientação de Elon Musk e seu candidato a vice, que já foi escolhido, mas ainda não teve o nome divulgado. Kanye disse, ainda, que concorrrerá sob o “Birthday Party”, que significa “Festa de Aniversário”, mas há um trocadilho com a palavra “party”, que significa “partido”.

Na prática, o rapper já está bem atrasado para a corrida eleitoral americana, que normalmente é baseado apenas nas decisões dos partidos Republicano (que vai tentar reeleger Trump) e Democrata (que já está lançando Joe Biden). Entretanto, ele ainda pode filiar-se a um partido menor e tentar apoio para lançar sua candidatura, ou concorrer como independente.