Acontece

Ataque russo atinge hospital infantil na Ucrânia e mata mais de 30

ataque
Foto: Divulgação
Crianças em meio ao tratamento de câncer tiveram que ficar do lado de fora do hospital

Um hospital pediátrico, o maior de Kiev, na Ucrânia, foi atingido por dezenas de mísseis nesta segunda-feira (8), lançado pela Rússia em um dos piores bombardeios desde o início da guerra. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou que várias pessoas estavam presas sob os escombros do hospital.

O ataque russo deixou ao menos 31 mortos, disseram autoridades locais. “Há pessoas sob os escombros e ainda não sabemos o número exato de vítimas. No momento, todos estão ajudando a retirar os escombros, tanto médicos como pessoas comuns”, disse o presidente.

No vídeo, é possível ver que o local ficou parcialmente destruído. Médicos e civis formaram uma corrente humana para ajudar a limpar os escombros. Crianças em meio ao tratamento de câncer tiveram que ficar do lado de fora do hospital, que foi atacado com mais de 40 mísseis.

A Rússia, no entanto, nega ter atingido alvos civis. O Ministério da Defesa russo alega ter atacado apenas bases aéreas militares em território ucraniano. O presidente da Ucrânia anunciou que convocaria uma reunião de emergência no Conselho de Segurança das Nações Unidas após o bombardeio.